header top bar

section content

Projetos de Escola Cidadã Integral são destaque no evento Talento Científico Jovem

Projetos de Escola Cidadã Integral são destaque no evento Talento Científico Jovem

Por Luzia de Sousa

04/10/2016 às 07h04

Projetos de Escola Cidadã Integral são destaque no evento

A Escola Cidadã Integral Técnica Estadual Erenice Cavalcanti Fideles (ECIT), de Bayeux, foi destaque no evento Talento Científico Jovem, organizado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) entre os dias 26 e 30 de outubro, com projetos de alunos conquistando o segundo e o terceiro lugares, além de outros terem sido agraciados com Honra ao Mérito pela relevância social.

O projeto “Design Sustentável no Curso Técnico de Design de Móveis”, desenvolvido pelos alunos André Lucas dos Santos e Regina Amélia Pereira, alunos do 2º ano do curso de Design de Móveis, sob orientação do professor Paulo Henrique do Nascimento, conquistou o segundo lugar geral na premiação dos melhores trabalhos.

O trabalho “A inclusão da pessoa com deficiência no esporte: construção de projetos de adaptações esportivas para deficiências físicas”, desenvolvido pelos alunos Cléver Souza e Vanúbio Pinheiro, sob a orientação do professor Abraão Diego Gonzaga, conquistou o terceiro lugar.

A ECIT de Bayeux participou do Talento Científico Jovem com 12 turmas. Ao todo, cerca de 30 escolas da rede estadual de ensino participaram do evento. Outros quatro projetos também desenvolvidos pelos alunos da ECIT de Bayeux foram agraciados com “Honra ao Mérito” pela relevância social.

De acordo com o presidente da comissão executiva de educação integral, da Secretaria de Estado da Educação (SEE), Gabriel dos Santos Gomes, eventos como o Talento Científico colaboram com a valorização dos alunos. “Quando vemos a desenvoltura dos nossos estudantes nesses eventos, percebemos como a política de incentivo às escolas integrais e técnicas vêm dando certo na Paraíba”, declarou.

Talento Científico Jovem – O objetivo do evento consiste na apresentação de trabalhos orientados por professores das diferentes áreas do conhecimento e desenvolvidos por alunos do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), Ensino Médio e Técnico de escolas públicas e particulares da região metropolitana de João Pessoa. Os estudantes apresentam seus projetos em estandes individualizados, onde suas pesquisas são descritas aos visitantes da feira.

A feira de ciências foi promovida, neste ano, pelo Departamento de Biologia Molecular (DBM-UFPB) e pelo PIBID Ciências Biológicas da UFPB, com financiamento pelo Edital Chamada MCTI/CNPq/SECIS Nº 20/2015 – Abrangência Municipal.

.

Secom

XEQUE-MATE

VÍDEO: Vereador de Cajazeiras e educadores esclarecem polêmicas sobre a identidade de gênero nas escolas

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente