header top bar

section content

Diretora de escola citada em denúncia de agressão a criança de 10 anos em Cajazeiras explica caso e confidencia ‘ausência do pai’

O pai de uma criança de 10 anos relatou suposto bullying em sala de aula e fez revelações fortes que teria escutado do filho.

Por Luzia de Sousa

20/11/2016 às 15h42 • atualizado em 20/11/2016 às 15h45

Josefa Formiga explica caso em escola de Cajazeiras

A diretora da Escola Estadual Dom Moisés Coelho, com sede em Cajazeiras, no Sertão do estado, a professora Josefa Formiga do Nascimento (Formiga), se pronunciou neste domingo (20), sobre a denúncia feita por um pai de aluno na rede social Facebook.

+ Pai denuncia agressão a criança de 10 anos dentro de sala de aula em Cajazeiras; “Não se alimentava para não vomitar após apanhar”

Na postagem, o pai de uma criança de 10 anos relatou suposto bullying em sala de aula e fez revelações fortes que teria escutado do filho.

Formiga contestou as declarações do pai e explicou que o aluno revelou o problema em uma palestra realizada na escola sobre o tema bullying, porém, nenhum registro foi feito anterior ao caso.

+ Colégio de Cajazeiras faz mostra científica e cultural com apresentações dos alunos – VEJA!

Ela disse que o pai do menino é ausente, pois é separado da mãe e não teria “aparecido” ninguém para receber os boletins da criança no segundo e terceiro bimestre.

A professora rebateu a ‘confidência’ do pai, pois em nenhum momento teria procurado a escola para fazer qualquer reclamação.

Ela relatou que o menino não teria falado ao pai diretamente, mas relatou o problema em uma palestra promovida pela escola. “Fazemos um bom trabalho. Todos sabem do nosso compromisso com a educação”, disse ela.

Formiga declarou que o aluno não havia procurado a escola antes para relatar problema com colega de classe, nem reclamado a professores e equipe pedagógica. “Ele reclamava da ausência do pai”, contou a educadora

Medida
A diretora informou ainda que nessa quarta-feira (23), vai reunir os pais do aluno que supostamente estaria sofrendo bullying e os pais do estudante apontado como suposto agressor.

DIÁRIO DO SERTÃO

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview