header top bar

section content

Ricardo se reúne com professores participantes do Gira Mundo na Finlândia

Esta é a ideia, fazer com que os conhecimentos cheguem e transformem a forma de educar”, comentou.

Por Priscila Belmont

15/12/2016 às 16h47

Ricardo em reunião do "gira mundo" (Foto: José Marques)

O governador Ricardo Coutinho se reuniu, nesta quinta-feira (15), com os professores que participaram de um intercâmbio na cidade de Hämeenlinna, na Finlândia, por meio do programa Gira Mundo. A ação inovadora proporcionou a 20 professores da rede estadual de ensino a oportunidade de vivenciar experiências no campo educacional e de absorver conhecimentos com a cultura de um país de primeiro mundo, como a Finlândia. Além destes educadores, três professoras também participaram do Gira Mundo no Canadá. Todos os educadores retornaram ao Estado com a missão de repassar e transformar o aprendizado adquirido em melhorias no ensino público da Paraíba.

Na ocasião, Ricardo reforçou a importância deste programa inovador na educação paraibana e pediu o empenho de todos os professores no intuito de oportunizar o melhor retorno educacional dos conhecimentos obtidos. “Ao mandar estes professores para a Finlândia, buscamos qualificar o ensino público estadual. Queremos que os conhecimentos adquiridos por lá sejam repassados através de projetos que serão aplicados nas escolas estaduais. Depositamos nestes professores a esperança do retorno educacional para a rede de ensino. Esta é a ideia, fazer com que os conhecimentos cheguem e transformem a forma de educar”, comentou.

Ainda de acordo com o governador, o programa Gira Mundo será ampliado em 2017, oferecendo mais vagas e intercâmbio em outros países. “A oportunidade que estes professores tiveram é pioneira e através deles já percebemos que a iniciativa deu certo, eles voltaram mais estimulados, com ideias novas e vontade de levar tudo que aprenderam para a sala de aula. Estamos semeando o futuro da educação paraibana”, frisou.

O secretário da Educação, Aléssio Trindade, afirmou que o Gira Mundo é capaz de mudar a realidade de professores e alunos da rede estadual de ensino. “O Gira Mundo é uma experiência exitosa e nosso objetivo é que ele seja consolidado e ampliado. Esses professores que passaram cerca de dois meses na Finlândia continuarão sendo acompanhados aqui na Paraíba, o curso não acabou lá, ele continua aqui no Estado, com a tutoria dos professores finlandeses. Formamos um grupo de trabalho para orientá-los na construção de projetos que levem os conhecimentos de forma estimulante para o cotidiano escolar”, concluiu.

A professora da cidade de Patos, Vilma Medeiros Leitão, agradeceu ao governador pela oportunidade única que os professores da rede de ensino estadual receberam. “Aprendemos muito na Finlândia, foi algo além do que esperávamos. Conhecemos outra cultura, uma realidade educacional diferente da nossa e voltamos com uma vontade enorme de trazer para as escolas estaduais tudo o que aprendemos. Queremos levar para a rotina escolar projetos estimulantes à comunidade”, pontuou.

O professor Luiz Henrique, da Escola Estadual Sesquicentenário, em João Pessoa, destacou que a experiência na Finlândia ampliou seus conhecimentos a respeito do empreendedorismo nas escolas. “Acredito que estimular o empreendedorismo no ambiente escolar é uma boa alternativa para aumentar a autoestima dos estudantes e o protagonismo juvenil. A experiência que tivemos neste intercâmbio foi muito rica em conhecimento e certamente esse programa vai fazer a diferença na rede estadual de ensino”, disse.

“A capacitação que tivemos foi em educação, buscando entender como tornar o nosso aluno um ser ativo no processo da aprendizagem. Lá na Finlândia vimos que o estudante é protagonista no processo de ensino e queremos trazer essa forma de aprendizado para nossa realidade, estimulando e qualificando a rede de ensino estadual”, explicou o professor de química, Gilmar Feliciano, da cidade de Mari.

Gira Mundo – O programa Gira Mundo é uma iniciativa dos governos da Paraíba e da Finlândia, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (SEE) e Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq). Na edição deste ano, foram enviados 20 professores para a Finlândia, além de 50 alunos e três professoras para intercâmbio no Canadá. Ao todo, são investidos mais de R$ 4 milhões, tanto na edição canadense, voltada para estudantes e lançada no início deste ano, quanto na edição finlandesa, destinada aos professores.

Secom

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda