header top bar

section content

Para não desistir do curso, universitário do Sertão da Paraíba sai às ruas vendendo açaí; Ele revela dificuldades para continuar estudando. VEJA!

Os estudantes da Escola Cristo Rei foram os primeiros a experimentar o açaí do Gustavo.

Por Luzia de Sousa

04/04/2017 às 08h52 • atualizado em 04/04/2017 às 08h54

Universitário decidiu vender açaí (Foto: Patos Online)

O estudante universitário Gustavo Firmino, 23 anos, que cursa psicologia nas Faculdades Integradas de Patos (FIP), começou a vender açaí pelas ruas da cidade de Patos nesta segunda-feira, dia 03. Gustavo disse que tomou a decisão de começar a vender açaí após problemas financeiros em casa que estavam levando a possibilidade de abandono do seu curso.

O jovem universitário mora com a mãe. Gustavo também dá aulas para complementar a renda familiar, mas afirmou que o que recebe é pouco e que sua mãe é quem sustenta a casa, no entanto, a situação ficou mais complicada após perdas no vencimento de sua mãe que é funcionária pública.

Os estudantes da Escola Cristo Rei foram os primeiros a experimentar o açaí do Gustavo. O jovem universitário comentou que foi um sufoco empurrar o carinho do Bairro do Salgadinho até o Bairro Brasília. “Tive dificuldades para passar a ponte. O carrinho é pesado! Passei no teste do primeiro dia e vou seguir firme. Juntamos umas economias e compramos o carrinho de açaí. Nesse calor de Patos açaí gelado é bom demais! ”, relatou.

Gustavo comentou que tem uma parte da mensalidade paga através do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), mas mesmo assim tem enfrentado dificuldades no fim do mês. “O Brasil não é a Alemanha que aboliu o ensino privado nas universidades. Aqui educação ainda é um negócio lucrativo e os governos não fazem muito para mudar essa realidade. Infelizmente no país o ensino privado avança e o público está cada vez mais abandonado. Quero terminar meu curso! Não vou abandonar por não ter lutado para pagar”, finaliza Gustavo.

DIÁRIO DO SERTÃO com Patos Online

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar