header top bar

section content

Na Câmara, oposição de Cajazeiras denuncia falta de fardamento escolar nas escolas do município desde o início do ano – VÍDEO!

Vereador oposicionista Rivelino Martins lamentou a falta do fardamento e disse que a gestão pública não tem habilidade com a burocracia das licitações

Por Jocivan Pinheiro

21/06/2017 às 15h29

Os vereadores da oposição e situação travaram um debate na Câmara Municipal de Cajazeiras, na sessão desta terça-feira (20), tendo como base os investimentos na Educação do município. Roselânio Lopes (PTB), Rivelino Martins (PSB) e Jucinério Félix (PPS) discutiram a polêmica sobre a falta de fardamento escolar para os alunos da rede municipal de ensino.

De acordo com Roselânio, líder da oposição na Câmara, as crianças estariam sem uniforme desde o começo do ano letivo. Jucinério Félix, líder do governo, confirmou a informação e justificou o motivo. Já o vereador oposicionista Rivelino Martins lamentou a falta do fardamento e disse que a gestão pública não tem habilidade com a burocracia das licitações.

“Existe uma falta de experiência da gestão em alguns setores, isso é fato. Mesmo com um decreto de emergência que dava condição da gestão agilizar algumas questões, nós terminamos o primeiro semestre de 2017 e as nossas crianças e adolescentes da rede municipal de ensino estão sem farda. Isso é algo inconcebível. É preciso que se tenha mais agilidade com essas questões prioritárias”, comentou.

VEJA TAMBÉM: Cansados de esperar, moradores fazem mutirão de limpeza em rua da cidade de Cajazeiras: “Uma pessoa chegou a se ferir com roçadeira”

Rivelino Martins

Jucinério Félix, por sua vez, explicou que as crianças estão sem o fardamento porque a Secretaria de Educação exigiu da empresa vencedora da licitação um material de melhor qualidade, e que  no retorno do recesso escolar os uniformes serão entregues.

“A prefeitura ia pagar por um material que não era aquele material que estava sendo feito, zelando pelo dinheiro público, por aquilo que tem que ser feito com qualidade, porque a empresa que ganhou, ganhou para fazer esse uniforme com outro material. Mas ela garantiu que logo logo vai estar entregando esse material, mas dentro daquele material que tem que ser confeccionado.”

Jucinério Félix

DIÁRIO DO SERTÃO

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares