header top bar

section content

VÍDEO: Reajuste salarial dos professores de Cajazeiras deve ser de 6,81% e incidir no PCCR, diz advogado

Francinaldo Bezerra explica quais as vantagens do PCCR para a categoria

Por Jocivan Pinheiro

12/03/2018 às 19h58 • atualizado em 13/03/2018 às 18h56

De volta à coluna Direto ao Ponto, o advogado Francinaldo Bezerra traz um tema que tem mexido com professores, sindicalistas e a gestão municipal: o reajuste no piso salarial dos professores juntamente com o PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração).

Segundo Francinaldo, o percentual de 2,98% de reajuste proposto pela Prefeitura, além de estar muito abaixo da lei federal, foi calculado aleatoriamente, sem nenhum vínculo com os valores da inflação, como afirma a gestão. Além disso, a lei federal preconiza reajuste de 6,81% que deve incidir no PCCR. A categoria não abre mão desse direito.

VEJA TAMBÉM: Professores de Cajazeiras vão parar atividades uma vez por semana por reajuste no piso salarial

O advogado explica ainda quais as vantagens desse reajuste no PCCR dos professores e diz que a não aplicação do aumento de 6,81% é um retrocesso social.

+ Veja mais Direto ao Ponto com Francinaldo Bezerra

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula