header top bar

section content

Cajazeirense agradece a Lula por sua colação de grau e protesta contra prisão do ex-presidente

Com a frase "Lula livre" escrita na palma da mão no ato de juramento, Sara Santana destacou os investimentos do ex-presidente na educação

Por Jocivan Pinheiro

15/04/2018 às 11h02 • atualizado em 15/04/2018 às 11h23

Sara exibe a frase “Lula livre” escrita na palma da mão em ato de juramento

A cajazeirense Sara Santana, 24 anos, aproveitou a cerimônia de colação de grau em que ela se formou em Enfermagem pela UFCG, campus de Cajazeiras, para agradecer ao ex-presidente Lula e protestar contra sua prisão.

Com a frase “Lula livre” escrita na palma da mão no ato de juramento, Sara destacou os investimentos do ex-presidente na educação que facilitaram o acesso de pobres, negros e nordestinos à universidade.

Nas redes sociais ela reproduziu o discurso ressaltando que “Lula não estudou por mim, não posso deixar em segundo plano o meu esforço, mas graças a ele e às conquistas em seu governo, um pobre teve as portas das universidades abertas e entrou e fez e está fazendo história.”

Leia a postagem completa:

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio