header top bar

section content

Contra ou a favor? Evangélico e padre falam sobre projeto que orienta crianças não ter sexualidade

A reunião contou com presença de vários religiosos e membros de comunidade LGBT, além dos vereadores. Veja vídeo aqui!

Por

15/07/2015 às 09h06

Religiosos debateram o tema na Câmara Municipal de Sousa (Foto: Diário do Sertão)

O debate que discutiu o Plano Nacional de Educação (PNE) marcou a Sessão Extraordinária na Câmara Municipal de Sousa. O assunto é polêmico e a maioria dos vereadores foi contra a inclusão do item que decreta a obrigatoriedade do ensino da ideologia de gênero nas escolas.

A reunião contou com presença de vários religiosos e membros de comunidade LGBT, além dos vereadores. Em entrevista a reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, o padre Paulo Diniz da igreja de Santana em Sousa, disse que o item gênero, ideologia e identidade e orientação sexual não pode ser aplicado nas escolas.

Ainda segundo o religioso, seria muito bom que gênero significasse apenas sexo masculino e feminino, porém, logo após a Conferência de Pequim, na China, a palavra gênero passou a ter outro sentido, ou seja, a construção social que o ser humano não nasce homem e nem mulher.

Leia também:

► Vereadores reprovam projeto que orienta crianças a não ter sexualidade. Vídeo

► Com polêmica e reação do bispo, Câmara de Cajazeiras aprova Plano Municipal de Educação

A reportagem do Diário do Sertão também conversou com o empresário evangélico João de Sousa. Ele parabenizou os vereadores por terem retirado o item gênero do projeto. “Quem tem de tomar de conta dos filhos, são os pais. Querem aprovar leis que não agradam a Deus, isso é uma capetada”. Disse.

Assista abaixo a reportagem da TVDS!

DIÁRIO DO SERTÃO

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores