header top bar

section content

Servidores da Educação e Saúde de Ipaumirim reivindicam atualização do piso e ameaçam greve no município

A presidente do sindicato afirmou que na próxima terça-feira (14), haverá uma audiência e, se as negociações não avançarem, ocorrerá greve no município.

Por

09/04/2015 às 18h11 • atualizado em 24/03/2016 às 22h36

A presidente do sindicato dos servidores de Ipaumirim, Tereza Gonçalves participou de uma entrevista nesta quinta-feira (09) onde reivindicou reajuste salarial, revisão do Plano de Cargos, Carreira e Salários, atualização do piso salarial dos professores, implantação de insalubridade, pagamento de jornada extraclasse e regência de sala de aula.

Tereza contou inclusive que a categoria já realizou uma paralização e um ato público em Ipaumirim, porém, o prefeito da cidade, Wilson Alves (Puíca) não deu nenhuma resposta. A presidente do sindicato também se indignou com os vereadores da cidade que, segundo ela, aprovaram um projeto que prejudica a categoria. “O parlamento causa vergonha, assassinaram a Lei do Piso”, disse.

A presidente do sindicato afirmou que na próxima terça-feira (14), haverá uma audiência e, se as negociações não avançarem, ocorrerá greve. “Se não houver avanço nas negociações, Educação e Saúde entrarão em greve”, contou.

DIÁRIO DO SERTÃO

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo