header top bar

section content

Reitor ignora Conselho, adere a Ebserh , garante HUJB em Cajazeiras e construção de novo hospital da UFCG

A decisão aconteceu após receber ofício do MEC afirmando que o provimento de pessoal para os hospitais somente será autorizado no âmbito da Ebserh. Veja!

Por

26/03/2014 às 18h38

Cajazeiras tem motivos para comemorar

Mesmo com a desaprovação do Conselho Deliberativo de Campina Grande, a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), através do Reitor Edilson Amorim, encaminhou nesta quarta-feira (26), documento ao Ministério da Educação (MEC), oficializando a adesão da instituição de ensino à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH).

Com a decisão do Reitor, resolve administrativamente um impasse que vinha se arrastando há algum tempo, o que garante a gestão compartilhada dos hospitais universitários de Campina Grande e Cajazeiras com a empresa criada pelo Governo Federal, além de assegurar a contrução de um novo hospital na terra do Padre Rolim, com 200 leitos.

A decisão foi tomada após o Reitor tentar, por três vezes, rediscutir a adesão no Colegiado Pleno do Conselho Universitário, sem que conseguisse deliberar em virtude dos tumultos criados pelos setores contrários a adesão, já que estava forçado pelo limite do prazo estipulado pela Justiça Federal para que a universidade comprovasse a vinculação do Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), do campus de Cajazeiras, à Ebserh ou promova abertura concurso público em caráter excepcional e temporário, que se encerraria nesta quinta (27).

A deliberação da reitoria aconteceu após receber ofício do MEC afirmando que o provimento de pessoal para os hospitais universitários somente será autorizado no âmbito da Ebserh e de acordo com seu modelo de gestão.

O reitor esteve na semana passada em Brasília tentando junto à Secretaria de Educação Superior (SESu/MEC) solucionar a questão do pagamento da folha de pessoal do HUJB e obter autorização para realização do processo seletivo temporário para, com isso, retomar a rediscussão no Colegiado Pleno – respeitando a decisão daquele colegiado, na reunião do último dia 18, de reanalisar a decisão tomada em 2012 – contrária à adesão.

No entanto, sem obter êxito nas negociações com o MEC e diante da exigüidade do prazo estabelecido pela Justiça, Edilson Amorim se viu compelido a decidir administrativamente.

DIÁRIO DO SERTÃO com informalções de Adjamilton Pereira

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!