header top bar

section content

Ministério Público obriga quatro prefeitura município a realizar concurso público ainda este ano

Os termos foram assinados pelos prefeitos Geraldo Terto da Silva, Albino Félix de Sousa (Catingueira), Raimundo Antunes Batista (Santa Cruz) e André Gadelha

Por

22/02/2014 às 11h27

Quatro prefeituras da Paraíba já assinaram este ano Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público da Paraíba (MPPB), comprometendo-se a demitir 652 prestadores de serviço e realizar concurso público, a fim de preencher as respectivas vagas.

Os termos foram assinados pelos prefeitos Geraldo Terto da Silva (Cacimbas), Albino Félix de Sousa (Catingueira), Raimundo Antunes Batista (Santa Cruz) e André Gadelha (Sousa).

Em Cacimbas, no Sertão da Paraíba, o gestor municipal se comprometeu esta semana com o promotor de Justiça Dennys Carneiro Rocha a realizar, no prazo de seis meses, concurso público para preenchimento de 19 vagas. Convocados os aprovados, os prestadores de serviço vão ser demitidos.

No TAC, o representante do Ministério Público autorizou a contratação por 180 dias, em caráter temporário, de oito motoristas, quatro técnicos em enfermagem, um eletricista, um pedreiro, três vigilantes noturnos para escolas municipais e um agente de saúde, todos percebendo o valor de um salário mínimo.

Já no município de Santa Cruz, no Sertão, o TAC foi assinado pelo promotor de Justiça Leonardo Quintans Coutinho, o prefeito Raimundo Antunes Batista, e pelo procurador do município, Francisco Valdemiro Gomes. A prefeitura vai realizar concurso público para preencher cerca de 30 vagas e rescindir os contratos temporários.

Até o dia 28 de março, deverá ser publicado o edital de licitação para contratação de empresa para realização do concurso. O procedimento licitatório será acompanhado pelo MPPB.

O governo municipal deverá ainda publicar o edital do concurso até o dia 13 de junho, realizar as provas até 10 de agosto e divulgar o resultado final até 19 de setembro de 2014. Os contratos temporários devem ser rescindidos até o dia 10 de outubro de 2014, data em que também deverá nomear os aprovados no concurso público dentro do número de vagas oferecidas no edital.

O não cumprimento de qualquer das cláusulas do TAC implicará na aplicação de multa pessoal solidária cominatória ao prefeito e ao procurador do município equivalente a R$ 50 mil, acrescida de R$ 1 mil por dia de atraso.

Sousa e Catingueira aulam concursos 
Em Sousa, o prefeito André Gadelha anulou oficialmente o concurso público realizado no ano passado para a contratação de 543 servidores. A anulação foi solicitada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), que identificou irregularidades no certame.

Após a anulação, o gestor lançou o edital de licitação para contratar a empresa que será responsável por organizar um novo concurso. A abertura dos envelopes será no dia 20 de março.

O novo concurso, para preenchimento de 543 vagas, deverá acontecer até 30 de junho deste ano, quando termina o prazo estipulado pelo Ministério Público para a prefeitura demitir todos os prestadores de serviço. O prazo foi estipulado no TAC firmado entre a prefeitura e o promotor Leonardo Quintans.

Em Catingueira, no Sertão, a prefeitura municipal e a empresa Real Concursos firmaram um Termo de Ajustamento de conduta com a Promotoria de Justiça de Piancó se comprometendo a anular o concurso público realizado no dia 1º de dezembro de 2013.

Segundo o promotor Elmar Thiago Pereira de Alencar, durante a investigação, foram encontrados vícios insanáveis desde a realização da licitação, passando pela forma de recolhimento das taxas de inscrições e na própria aplicação das provas. Foi constatado, por exemplo, que, na prova de digitador constavam questões de informática, sem que a disciplina constasse no edital do concurso, e foram aplicadas provas idênticas para cargos de níveis diferentes.

Também ficou ajustado que, em até 60 dias, uma nova licitação deverá ser feita para a realização de outro concurso, que será acompanhado desde o início por uma comissão fiscalizatória e pelo Ministério Público da Paraíba. Vão ser oferecidas 69 vagas.

DIÁRIO DO SERTÃO com Jornal da paraíba

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!