header top bar

section content

Ex-integrante do Raça Negra vira morador de rua: “Dormia em hotéis cinco estrelas, hoje em dia durmo na praça”

"Tem dia que eu almoço e não janto. Tem dia que eu janto e não almoço", diz o ex-cantor de sucesso

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

08/04/2016 às 07h37

Ex-sambista vive há dez anos pelas ruas de São Paulo (Foto: Divulgação/TV Record)

Edson Café, ex-integrante do Raça Negra e compositor de canções de sucesso do grupo – dentre elas “Oi, Estou Te Amando” -, vive há dez anos nas ruas de São Paulo. Após se envolver com drogas, o músico abandonou a carreira e a família e passou a vagar pela capital paulista.

“Antigamente, há um tempo, eu dormia em hotéis cinco estrelas. Hoje em dia, eu durmo na praça olhando para as estrelas”, afirmou durante participação no “Câmera Record”, da TV Record, que vai ao ar nesta quinta-feira (7).

E destacou: “Tem dia que eu almoço e não janto. Tem dia que eu janto e não almoço”.

O artista integrou o grupo no auge do sucesso e se apresentou nas principais casas de show do País. Contudo, foi excluído pelos colegas por causa de seus problemas com entorpecentes, em 2005.

Sobre sua situação atual, Café avaliou: “Eu não abandonei minha família. Eu me autoabandonei”.

A atração do canal paulista acompanhou o veterano durante 60 dias. Na reportagem, a produção também promoverá o encontro dele com outros dois integrantes do Raça Negra.

MSN

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras