header top bar

section content

Ratinho se envolve em polêmica ao chutar caixa com assistente de palco dentro

“Não podemos perder a esportividade”, argumentou Ratinho, chamando o diretor do programa. “Aroldo, o senhor notou que ela é uma funcionária rebelde? Providências terão de ser tomadas… Ela vai pra rua”.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

25/04/2016 às 10h32

Em mais uma de suas controversas brincadeiras no palco, o apresentador do SBT, Ratinho, agrediu a assistente de palco Milene Pavorô. Ela, que estava dentro de uma caixa de papelão, durante o programa ao vivo no último dia 15, levou um chute do apresentador. Visivelmente constrangida, a ajudante saiu do palco com cara de poucos amigos. Ratinho, na tentativa de contornar a situação, tirou sarro dizendo que era para demiti-la.

“Não podemos perder a esportividade”, argumentou Ratinho, chamando o diretor do programa. “Aroldo, o senhor notou que ela é uma funcionária rebelde? Providências terão de ser tomadas… Ela vai pra rua”.

A brincadeira, claro, foi criticada por muita gente pelas redes sociais, principalmente após o post do jornalista Miloch.
Na postagem, no Facebook, ele teoriza: “Mulheres são vitimadas diariamente em seus lares, e nem a lei que tornou o feminicídio em crime hediondo fez baixar os índices deste tipo de delito. Para reforçar o discurso machista e mascarar a agressão, o SBT culpa a mulher – atitude comum aos agressores: no site da emissora, o vídeo tem o título: “Pavorô vira caixa andante e se dá mal”. A culpa é dela, claro. Quão infeliz o chute do Ratinho. O golpe claramente constrangeu Pavorô, a ele próprio e aos demais integrantes do elenco. Eu também fiquei constrangido. O Programa do Ratinho é veiculado em todo o Brasil. Quantos por aí não tomarão o exemplo do Carlos Massa?”.

Extra

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o centravante Bruno Aurora, Carlos Kennedy e o presidente da ASCAT-CZ