header top bar

section content

Modelo posta foto nua após ser presa por agressão: ‘Fé para superar’

Perfil da modelo, que foi acusada de agredir uma escrivã de polícia no interior de São Paulo, segue sendo atualizado em rede social.

Por Redação Diário

26/04/2016 às 20h07 • atualizado em 26/04/2016 às 20h10

Vanessa Alcântara (Foto: Reprodução / Instagram)

Vanessa Alcântara (Foto: Reprodução / Instagram)

A vida segue como se nada tivesse acontecido. Pelo menos para as redes sociais de Vanessa Alcântara, que está presa há 12 dias após ser acusada de agredir uma escrivã de polícia no interior de São Paulo. Na manhã desta terça-feira, 26, o perfil de Vanessa no Instagram desejou bom dia a seus seguidores com foto da modelo em pose sensual: “Bom dia. Fé e força para superar”.

Mais tarde, foi divulgada uma lista de 50 itens pedidos por Vanessa para seu advogado na tentativa de diminuir a tensão dentro da prisão, em Campinas, SP: biscoitos, chocolates e itens de maquiagem e higiene pessoal. Agasalhos, folhas de caderno e produtos de limpeza também aparecem.

»Veja mais notícias de entretenimento –  CLIQUE AQUI!

Entenda o caso
Vanessa Alcântara foi presa no dia 7 de abril, após uma confusão na Delegacia de Defesa da Mulher de Valinhos (SP). A versão da modelo é de que ela teria ido ao local pedir uma cópia de um Boletim de Ocorrência sobre um problema ocorrido com vizinhos. Vanessa precisaria do documento para entregar ao seu advogado.

Ao chegar lá, teria pedido para tirar uma foto dos papéis, mas a escrivã de plantão não teria deixado porque, para conseguir o documento, Vanessa precisaria abrir um requerimento. Indignada, a modelo teria pego seu celular e dito que faria um vídeo com a justificativa da escrivã porque, para ela, o motivo alegado não era correto.

Confrontada, a escrivã teria se irritado e “partido” para cima de Vanessa para pegar o celular. “A defesa da modelo entende que a prisão foi arbitrária, ilegal e injusta. As acusações não são baseadas em provas, são subjetivas”, informa a assessoria de Vanessa. “Ela está tranquila e se diz vítima de acusações”.

Outro lado
A Polícia Civil informa que Vanessa foi presa por ter agredido a escrivã. Ao saber que teria que fazer uma solicitação para ter acesso ao BO que queria, a modelo teria se descontrolado, arrancado os papeis das mãos da escrivã e, em seguida, rasgado os papeis. Logo em seguida, teria disparado ofensas à policial e causado ferimentos em um de seus braços.

A titular da Delegacia de Defesa da Mulher de Valinhos também teria sido ofendida ao intervir no caso, que precisou da ajuda de três soldados da Guarda Municipal. De acordo com a polícia, eles teria sido atingidos por um capacete jogado por Vanessa. A modelo teria gritado que é famosa e ajudou a desmantelar um esquema de corrupção na Prefeitura de São Paulo.

Vanessa foi autuada pelos crimes de agressão, desacato, resistência, injúria, calúnia, supressão de documentos, lesão corporal e porte de entorpecentes, uma vez que foi encontrada maconha em sua bolsa. A defesa da modelo informa que os 12 miligramas de maconha em questão são de uma amiga dela.

EGO

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’