header top bar

section content

Geraldo Luís é expulso da Record e tem pertences encaixotados, diz jornalista

A Record costuma punir apresentadores “rebeldes”, como Britto Jr., apenas com a geladeira

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

03/05/2016 às 11h11

Segundo o jornalista, Geraldo teve seus pertences pessoais encaixotados (Foto: Reprodução)

Após a polêmica suspensão de Geraldo Luís, a Record começou a cogitar reincidir o contato com o apresentador. No fim de semana, a emissora retirou os pertences do profissional de seu camarim, em São Paulo, e vai reformar o espaço para que abrigue outra estrela do canal.

O “despejo” do camarim tem efeito simbólico. Já uma rescisão de contrato, se ocorrer, será algo inédito. A Record costuma punir apresentadores “rebeldes”, como Britto Jr., apenas com a geladeira. Mas o caso de Geraldo Luís é considerado mais grave.

O apresentador do “Domingo Show” reclamou publicamente do canal usando a própria emissora, no programa do último dia 17, e desobedeceu às ordens do diretor do dominical, que, a pedido do vice-presidente de jornalismo, Douglas Tavolaro, implorava para o apresentador cessar seu desabafo, no qual acusou a Record de fazer cortes em uma reportagem e desrespeitar seu trabalho.

Os objetos de Geraldo foram encaixotados e as roupas que usavam foram devolvidas para as lojas e fabricantes, segundo o jornalista Daniel Castro.

Com contrato com a Record até 2017, o apresentador tem chances zero de voltar ao ar. Nos bastidores, onde era odiado por causa de seus chiliques, sua saída foi comemorada. Substituto de Geraldo, Luiz Bacci já começou a trabalhar na produção do “Domingo Show”, agora como apresentador definitivo do programa.

Notícias ao Minuto

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada