header top bar

section content

‘BBB 17’ abre inscrições com seletivas regionais em capitais no Brasil; veja como participar!

Reality show chega a sua décima sétima edição e recebe possíveis candidatos ao confinamento a partir desta terça-feira, 10, com novidades.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

10/05/2016 às 15h19

Uma notícia boa para quem quer se tornar um ex-BBB ou o próximo milionário do Brasil: as incrições para o “BBB17” estão abertas a partir desta terça-feira, 10.

Inscreva-se agora na 17ª edição do Big Brother Brasil.

Onze capitais vão receber a equipe que seleciona os candidatos ao BBB em seletivas regionais, sendo duas estreantes desta vez: Maceió e Manaus.

A equipe do “BBB17” vai visitar as cidades de Manaus, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Goiânia, Maceió, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Campo Grande. A etapa começa por Porto Alegre, nos dias 27 e 28 de junho, e Curitiba, em 30 de junho e 1º de julho. Para quem não vai estar nas cidades listadas, vai acontecer a seletiva nacional, com entrevistas pela Internet.

Campeã da última edição do Big Brother Brasil, Munik está surfando na onda da fama pós-reality. Em conversa recente com o EGO, durante ensaio exclusivo, a ex-BBB e ganhadora do prêmio de R$ 1,5 milhão do programa contou que contratou uma equipe com empresário, assessor de imprensa, personal stylist, fonoaudiólogo e até um psicólogo para se manter nos holofotes. “Todos que saíram do programa com um propósito e focou naquilo, conseguiram se destacar. É esse caminho que estou seguindo. Minha fama não será passageira, não vou cair no esquecimento”.

EGO

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores