header top bar

section content

Empresa demite jornalista que denunciou MC por assédio sexual durante entrevista

A informação foi divulgada pelo jornalista Fernando Oliveira.

Por Luzia de Sousa

18/06/2016 às 09h29

O assédio teria ocorrido durante uma entrevista

A repórter que denunciou o cantor Biel por assédio sexual durante entrevista foi demitida nesta sexta-feira (17) do portal IG. A informação foi divulgada pelo jornalista Fernando Oliveira. A princípio, teria se falado em cortes na empresa, mas o profissional desmentiu: “Não houve corte de vários funcionários no iG hoje. Houve só a demissão da repórter, a quem o portal prometeu proteger”.

No começo deste mês, a repórter de 21 anos denunciou o cantor na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo por assédio sexual. Ele é acusado de, durante entrevista, chamá-la de “gostosinha” e dizer que a “quebraria no meio”. A jornalista participava de rodada de entrevistas com outros colegas, com o propósito de divulgar o novo disco de Biel na capital paulista.

Por causa do episódio, Biel foi impedido de carregar a tocha olímpica e teve um contrato de R$ 400 mil quebrado. A Tilibra desistiu de exibir um comercial gravado com o artista. De acordo com a colunista Renata Reif, do iG, a empresa preferiu não associar a imagem do MC à nova linha de cadernos escolares. Para quebrar o contrato, a marca precisou pagar uma multa. A propaganda seria exibia em julho.

Fonte: Diário de Pernambuco

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’