header top bar

section content

Homem morre baleado com 12 tiros enquanto fazia transmissão ao vivo pelo Facebook

No Facebook, são 1,6 bilhão de usuários mensais ativos, muitos deles consumindo conteúdos como transmissão em vídeo. A rede social ainda não se pronunciou a respeito do ocorrido.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

20/06/2016 às 16h11

Homem morre baleado enquanto fazia transmissão ao vivo (Foto: Reprodução)

As transmissões ao vivo no Facebook são usadas para exibir discussões, bastidores de eventos ou até mostrar o dia a dia de usuários comuns. Porém, esse recurso também pode terminar em tragédias inesperadas. Foi o caso do norte-americano de 28 anos, que estava realizando uma transmissão ao vivo no site quando foi baleado e não resistiu.

Ele estava realizando uma transmissão casual, mostrando a si mesmo falando com a câmera e outras pessoas enquanto andava na rua. Em determinado momento, cerca de 12 tiros são disparados, fazendo com que o rapaz caia e o celular exiba apenas uma visão estática, além de reproduzir o áudio de pessoas próximas gritando de surpresa e por ajuda. Sem ter sido deletado, o clipe agora já apresenta mais de 800 mil visualizações. Ele foi levado ao Hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia informou que o rapaz tinha ligação com gangues locais, o que pode ter motivado o crime.

Segundo o site Heavy, essa é a segunda vez que um rapaz sofre uma tentativa de assassinato enquanto realizava uma transmissão online. Em março, outra situação parecida aconteceu e o rapaz foi parar no hospital em condições críticas.

No Facebook, são 1,6 bilhão de usuários mensais ativos, muitos deles consumindo conteúdos como transmissão em vídeo. A rede social ainda não se pronunciou a respeito do ocorrido.

TecMundo

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino