header top bar

section content

Cantor lança nova música e declara amor pela cidade de Sousa: “Sou um cigano” – VÍDEO

Fernando Farias é autor de sucessos do forró que já foram gravados por artistas como Toca do Vale, Solteirões do Forró, entre outros

Por Jocivan Pinheiro

05/07/2016 às 20h55 • atualizado em 05/07/2016 às 21h04

Autor de alguns dos principais sucessos do forró que já foram gravados por artistas como Toca do Vale, Solteirões do Forró, entre outros, o poeta, cantor e compositor Fernando Farias foi a atração principal da tradicional Festa de São Pedro do município de Poço Dantas-PB, que aconteceu no dia 28 do mês passado no Distrito de Tanques.

Fernando Farias tocando no Distrito de Tanques

Fernando Farias tocando no Distrito de Tanques

Na ocasião, a TV Diário do Sertão aproveitou para bater um papo descontraído com o forrozeiro ao lado de amigos e fás, e sob o clima frio da serra de Tanques.

Fernando Farias falou da sua trajetória como músico, avaliou o forró atual em comparação com o “forró das antigas”, improvisou versos, cantou alguns de seus sucessos e até deu uma palhinha de “Mulher detetive”, a sua mais recente composição que puxa o novo CD e que será gravada também pelo cantor Toca do Vale.

VEJA TAMBÉM:

» Prefeitura de Poço Dantas realiza tradicional Festa de São Pedro no Distrito de Tanques

Fernando Farias nasceu em Natal e atualmente divide sua residência entre a capital potiguar e a capital cearense, Fortaleza. Mas a vida de músico é uma “vida de cigano”, como ele mesmo gosta de ressaltar. Por isso adquiriu carinho por muitas outras cidades Brasil a fora, entre elas Sousa e Uiraúna, no Sertão paraibano, onde ele também morou por algum tempo. “Essa vida de artista é uma vida cigana, então a gente tem que ir para onde o vento está nos levando”, diz ele.

Fernando Farias & Pegada do Vaqueiro já lançou quatro discos de estúdio nos quais estão sucessos como “Coração Irresponsável” e “Não guarde mágoa”. E a agenda de shows está sempre cheia, mesmo com a crise econômica que, segundo ele, também tem afetado os músicos. “Está todo mundo dançando a mesma música. O bicho tá pegando, mas eu tenho fé que vai melhorar.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo