header top bar

section content

Atores processam a Record; eles alegam falta de pagamento de 2006 e 2014, afirma colunista

Segundo a coluna do jornalista Flávio Ricco, não são apenas os atores que estão insatisfeitos com o tratamento dado pela emissora

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

07/07/2016 às 08h57

Paloma Duarte e Bruno Ferrari processam a Record (Foto: AgNews)

Paloma Duarte e o marido, Bruno Ferrari, decidiram entrar com um processo trabalhista contra a Record na Justiça. O casal pede que a emissora pague os direitos que a dupla tem pelos anos de trabalho – de 2006 a 2014.

Segundo a coluna do jornalista Flávio Ricco, não são apenas os atores que estão insatisfeitos com o tratamento dado pela emissora. André Segatti e Raquel Nunes também vão pedir os direitos trabalhistas com o auxílio de um juiz.

Vale lembrar que Paloma está longe das novelas e agora curte sua licença-maternidade após o nascimento do filho caçula, Antônio. Seu último trabalho na empresa dos bispos foi “Pecado Mortal”, em 2013.

Bruno, por sua vez, trocou a Record pela Globo e foi escalado para um dos papéis de maior destaque em “Liberdade, Liberdade”, atual trama das 23h da emissora.

MSN

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio