header top bar

section content

Quanto mais o homem ajuda em casa maior é a probabilidade de divórcio, diz estudo

O estudo enfatizou que as mulheres fazem isso por sua própria vontade estão “felizes” como as mulheres dos casais “modernos”

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

12/07/2016 às 10h00

Estudo afirma que homem que ajuda em casa, tem mais chances de se divorciar

O estudo intitulado “Equality in the Home”, ou seja, “Igualdade em casa”, foi desenvolvido pelo Instituto de Ciências Sociais Nova, concluiu que em famílias onde as tarefas domésticas são partilhadas, as hipóteses de divórcio aumentaram em 50% em comparação com aquelas famílias onde a maioria do trabalho de casa é realizado por mulheres.

“Quanto mais ajudar um homem na casa, maior o risco de divórcio”, disse  Thomas Hansen, coautor do estudo. Para os pesquisadores, isso não é casual. De acordo com Hansen, “casais modernos distribuem tarefas domésticas e têm uma percepção menor do casamento sagrado.”

“Nestes casais modernos, as mulheres muitas vezes são altamente qualificadas e têm empregos bem pagos, tornando-se menos dependentes economicamente dos seus maridos. Portanto, podem lidar mais facilmente com casos de divórcio, “acrescentou.

A Noruega tem uma longa tradição de igualdade de gênero e a educação dos filhos é compartilhada igualmente entre mães e pais em 70% dos casos, mas quando se trata de tarefas domésticas, as mulheres na Noruega ainda fazem a maior parte das tarefas. O estudo enfatizou que as mulheres fazem isso por sua própria vontade estão “felizes” como as mulheres dos casais “modernos”.

Mundo Conectado

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan