header top bar

section content

Viciado, ex-Raça Negra declara: “Me mato, mas não vou para a clínica”

Acompanhado pela família há menos de três até a porta de uma clínica de reabilitação, Edson está de volta às ruas, e continua viciado em álcool e drogas

Por Luzia de Sousa

22/07/2016 às 15h46

Ex-Raça Negra

O ex-pagodeiro Edson Café, do grupo Raça Negra, demonstra ter desistido da luta contra as drogas.

Acompanhado pela família há menos de três meses até a porta de uma clínica de reabilitação, Edson está de volta às ruas, e continua viciado em álcool e drogas.

A vida glamurosa que teve com o grupo que fez sucesso nos anos 90 foi substituída pelas ruas e pela incerteza de dias melhores. Desesperado com a possibilidade de voltar ao internamento, e irritado com a insistência da família, Edson declara em reportagem: “Eu não volto para a clínica. Eu me mato, mas não volto para a clínica”, desabafou. “Eu não aguento mais”, disse o ex-músico, segundo informações do R7.

Quando perguntado porque está de volta às ruas, Edson responde: “Porque eu quero. A rua, mesmo sofrida, ela me dá sensação de liberdade para tudo”, afirma.

A família porém não desiste e tenta, mais uma vez, com a ajuda de amigos, reverter a história.

Notícia ao Minuto

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’