header top bar

section content

EITA! Vídeo picante de professora com aluno vaza em grupos de WhatsApp e passa em canal de filmes adultos

O vídeo postado no site de filmes pornográficos viralizou e foi compartilhado em todo o país.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

26/07/2016 às 14h52

Professora é confundida em vídeo íntimo com aluno (Foto: Reprodução/Facebook)

Um vídeo picante que mostra uma suposta professora fazendo sexo com um aluno de 16 anos foi divulgado através do WhatsApp e viralizou em todo o mundo. A mulher foi identificada de 26 anos, professora de uma escola, mas tudo não passou de uma confusão.

O vídeo, que mostra um jovem se relacionando com uma mulher, foi publicado em setembro por um usuário em um famoso canal de filmes adultos na internet. Pouco tempo depois, acusaram a professora de ser protagonista e estar transando com um menor de 16 anos.

Segundo informações do tabloide Mirror, a professora chegou a ser presa e já teria enfrentado outras acusações por se relacionar com seus aluninhos. Após ela ser afastada da escola onde dá aulas, a autenticidade do vídeo foi dada como falsa!

A mulher que protagonizou as cenas picantes não seria ela. Seria uma outra professora que não teve o nome relevado.

O vídeo postado no site de filmes pornográficos viralizou e foi compartilhado em todo o país.

No Facebook, o perfil da jovem foi bombardeado de comentários de pessoas que assistiram as supostas cenas. Alguns disseram que queriam tê-la como professora.

Apesar do vídeo ter sido dado como falso por alguns veículos de comunicação, algumas pessoas dizem que sim, é ela nas imagens picantes. As reportagens que dizem ser outra pessoa no vídeo. parecem não ter convencido muita gente.

O quadro de professoras acusadas cresce a cada dia. O último caso dado foi o da professora de 24 anos, que se meteu numa enrascada de grandes dimensões. A mulher, que dava aulas de educação física em uma escola foi pega no flagra tendo relações sexuais com um aluno de 16. Ela está presa e pode puxar até quatro anos de cana, de acordo com as leis estaduais, acusada de estupro.

Hora 7

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires