header top bar

section content

Absurdo! Mulher abusa sexualmente de garoto de 4 anos, grava tudo com câmera e vende filme na Internet

O juiz foi firme no caso: não abaixou a pena de 25 anos, e afirmou que a gravidade do crime era muito séria!

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

31/08/2016 às 14h46 • atualizado em 31/08/2016 às 14h52

Mulher abusa e filma relações com garoto de 4 anos (Foto: Reprodução/ScallyWagand Vagabond)

Uma mulher de 30 anos que se filmou abusando sexualmente de um menino de 4 anos de idade, e vendeu o vídeo logo depois, foi presa.

Ela recebeu uma sentença de 25 anos de prisão após se declarar culpada perante as autoridades, que descobriram o vídeo online.

As autoridades dizem que ela admitiu ter realizado atos sexuais com a criança e gravado em seu celular. Então,  enviou o vídeo para três pessoas, e recebeu dinheiro por isso.

O juiz contatou os pais da mulher, que disseram estar em um “estado de choque” após as alegações.

Além do vídeo, a mulher também tirou fotos nuas da criança e de si mesma com a criança — também nuas. O advogado dela, sem sucesso, defendeu uma pena menor, dizendo que havia outras circunstâncias que influenciaram o comportamento de sua cliente, e que ela não tinha nenhum antecedente criminal. Mas não teve discussão. O juiz declarou: “A situação é triste. O menino estava muito vulnerável e é extremamente jovem. Ele não tinha controle algum sobre a situação”.

Os pais dela tentaram defender, escreveram uma carta dizendo que não sabiam nada sobre esse “lado oculto” da filha, e que ela provavelmente estava muito deprimida. Eles também pensavam que sua filha foi forçada a fazer o vídeo.

Hora 7

Tags:
DETALHES DO JÚRI

VÍDEO: Secretária revela bastidores do julgamento do caso Érika e diz que houve distinção de tratamento

22 DE AGOSTO

VÍDEO: Prefeitura de Cajazeiras corre para conseguir recapear todas as entradas antes do dia da cidade

"RASGARAM A CONSTITUIÇÃO"

VÍDEO: Para o vice-prefeito de Sousa, Lula é um preso político: “A injustiça dói em qualquer um”

TESTEMUNHO AO VIVO

VÍDEO: Pastor sentenciado a 32 anos de prisão diz que foi visitado por Deus na cadeia e saiu em 30 dias