Entretenimento
18/11/2016 às 15h42 • atualizado em 18/11/2016 às 15h46

postado por: Jocivan Pinheiro

Grupo de Cajazeiras realiza primeiro festival de cinema com temática espírita do Brasil

O festival começou nesta quinta-feira (17) e vai até sábado (19), com exibição de filmes e realização de oficinas, debates e palestras

O grupo espírita Os Cireneus do Caminho, em parceria com a NAASP (Núcleo de Artes do Alto Sertão Paraibano), está realizando em Cajazeiras o 1º Festival Brasileiro de Cinema Espírita e Espiritualista, evento que também integra o calendário cultural da região.

O festival começou nesta quinta-feira (17) e vai até sábado (19), com exibição de filmes sempre a partir das 19h. Antes, durante o período da tarde, acontece oficinas, debates e palestras visando divulgar a doutrina espírita, mas também abrindo espaço para posicionamentos das demais religiões ligadas às vertentes espiritualistas-cristãs.

Telão já está montado para exibição de filmes

Telão já está montado para exibição de filmes

As atividades paralelas, muitas delas direcionadas também a alunos da rede pública de ensino,  estimulam a formação profissional de jovens residentes em Cajazeiras. Elas acontecem de forma integrada com a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Cultura.

Segundo os organizadores, o objetivo principal é criar um festival de cinema que traga para o interior do Estado o que de mais autoral e independente é produzido no cinema brasileiro, com a inserção de conceitos ético-espírita e espiritualista dos ensinamentos cristão, ajudando na divulgação da doutrina espírita e na formação de uma plateia mais consciente e aberta às discussões científicas, religiosas e filosóficas.

– Nesses momentos atuais a procura está sendo muito grande por essas temáticas, e Cajazeiras tem se destacado por ter essa iniciativa de trazer a sétima arte com temáticas regionais e transcendentais para as telas. Então esse momento é um momento de culminância de uma história de esforço e dedicação para que o cinema chegue cada vez mais a transmitir conhecimento, o pensamento ampliado que o Espiritismo traz à respeito da vida, dos problemas humanos – destacou o presidente da Federação Espírita da Paraíba, Marco Lima.

– É muito legal que o evento se preocupou com a questão da formação. Isso traz um novo olhar para a produção audiovisual aqui no Sertão – ressalta o cineasta Marcelo de Carvalho.

– É gratificante ver o resultado desse trabalho, ver como esse pessoal vem atuando com cinema no Sertão paraibano e a gente pretende sempre formar essa parceria – completa Fabiana Cordeiro, do Centro Cultural Banco do Nordeste da cidade de Sousa.

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe seu comentário




Mais Entretenimento