header top bar

section content

WhatsApp revela o que os brasileiros mais gostam de fazer no aplicativo

Brian Acton conta, em entrevista a EXAME.com, que o aplicativo vai buscar monetização com empresas a partir deste ano e condena bloqueios ao app no Brasil

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/02/2017 às 14h04

WhatsApp: voz é muito usada no app no Brasil (Foto: YouTube/Reprodução)

O WhatsApp hoje tem 1,2 bilhão de usuários mundialmente, sendo que mais de 100 milhões deles são do Brasil. O cofundador do WhatsApp, Brian Acton, revela uma peculiaridade dos brasileiros em entrevista a EXAME.com: “Vocês usam muito a voz, fazem muitas ligações. Gostam de falar, creio eu”.

Acton conta que o uso do app no Brasil é muito grande e que encontramos maneiras criativas de conversar com empresas e pessoas.

Uma pesquisa nacional conduzida pelo Datafolha indica que sete entre cada dez usuários do WhatsApp no Brasil (71%) usam o app para enviar mensagens pessoais e corporativas, trocando até mesmo dados confidenciais. O instituto entrevistou 2.363 pessoas de 130 cidades.

Um dos motivos da confiança no aplicativo é o fato de que tudo ficar armazenado somente no smartphones. A empresa diz não guardar históricos, o que já lhe rendeu problemas com a Justiça brasileira, mas também evitou vazamentos de dados.

Exame

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula