header top bar

section content

veja mais Entretenimento

Irmão de Luciano Huck faz desabafo sobre homossexualidade

Ele usou suas redes sociais para assumir a homossexualidade e se mostrar indignado com o fato de ter sido notícia por se relacionar com outros homens.

Por Luzia de Sousa

19/03/2017 às 14h41 • atualizado em 19/03/2017 às 09h57

© Divulgação

Apesar de ter uma carreira já consolidada, o cineasta e diretor Fernando Grostein virou mesmo notícia quando um jornalista publicou que ele seria gay há cerca de um ano. Irmão de Luciano Huck por parte de mãe, ele usou suas redes sociais para assumir a homossexualidade e se mostrar indignado com o fato de ter sido notícia por se relacionar com outros homens.

Agora, o irmão do apresentador lançou seu canal no YouTube e fez um longo desabafo sobre como foi descobrir que era homossexual, gerando ainda mais comoção do público que o acompanha nas redes sociais, afinal, já faz sucesso desde quando lançou seu documentário Quebrando Tabu, que se tornou uma fanpage no Facebook acessada, principalmente, entre os jovens.

No vídeo, Fernando pergunta: Você já se sentiu um E.T? Em seguida, ele narra todos os momentos em que se sentiu deslocado ao lado da família, principalmente quando seu pai, o publisher da Playboy Mário de Andrade, falava sobre as capas de revista com mulheres nuas à mesa do jantar.

Ao contar que na adolescência tinha dificuldades em se relacionar com os amigos na escola, pois não possuía os mesmos gostos e tampouco tinha interesse por meninas, desabafou: – Eu me sentia cada vez mais um ET. Alguém que não pertencia a esse mundo. O irmão de Huck ainda revelou como foi se relacionar com um homem pela primeira vez, o medo que sentiu após isso e como foi revelar para a família que gostava de homens. Grostein confessou que sentiu falta de um apoio familiar nesses momentos:

– Na minha época fez falta alguém dizer para mim assim Olha, tá tudo certo em ser gay, olha, não tem problema nenhum, olha, ser gay não é sinônimo de dar errado. E eu de repente comecei a ver que é muito legal, entendeu, ser gay e falar disso numa boa. Eu aprendi uma coisa me desentendendo com algumas pessoas queridas por conta desse assunto: que, às vezes, as pessoas que têm preconceito, elas apenas estão com medo, elas apenas estão com uma certa ignorância. E são pessoas queridas, que a gente gosta muito, e que às vezes a gente tem que ter paciência e tolerância para falar Olha, tá tudo bem em ser gay.

Para finalizar, o diretor diz que se sentiu em paz quando recebeu o apoio de pessoas queridas: – É muito bom você estar em paz. Vale a pena você assumir. E (saber) que pode acreditar e confiar. É difícil no começo, mas passa. E depois você se aproxima da sua família, dos seus amigos, a tua vida fica melhor. Você encontra a sua felicidade. E aconselhou: – Seja um E.T. e está tudo certo e um mundo com vários sabores com diversidade é muito mais divertido.

Msn

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe a atleta Rebeca Café e as integrantes do Cajá Volley de Cajazeiras

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 19.05.2017

MARIA CALADO NA TV

Banda cajazeirense estourada na Paraíba mostra autêntico forró no programa Maria Calado na TV e público aprova atração. VEJA VÍDEO!

INTERVIEW

Equipe de Mountain bike Team Race da cidade de Cajazeiras conta sua trajetória e incentiva a população a participar dessa modalidade. Confira!