header top bar

section content

Empresário paga R$ 8,2 mi para tirar virgindade de jovem de 18 anos

O processo foi feito com a ajuda de uma agência de acompanhantes, que ficará com 20% da renda.

Por Priscila Belmont

30/03/2017 às 08h51

Depois de Aleexandra, outras 300 virgens procuraram o estabelecimento para também vender a virgindade.

Uma jovem de 18 anos conseguiu, após um leilão na internet, a bagatela equivalente a R$ 8,2 milhões pela própria virgindade. Um empresário de Hong Kong, que não teve o nome revelado, foi o responsável pelo lance mais alto dado ao “produto” de Aleexandra Kefren. Segundo a mídia local, Kefren disse que o “hotel já está reservado” e que “conversei com o comprador”.

O processo foi feito com a ajuda de uma agência de acompanhantes do país. “Prefiro vender a minha virgindade assim do que dá-la a um amigo que vai me abandonar por aí. Acredito que muitas outras garotas tenham a mesma atitude. Muitas poderiam esquecer a primeira noite, mas com R$ 8,2 milhões é difícil”, disse Aleexandra ao jornal Metro.

A agência de acompanhantes ficará com 20% do total arrecadado. Depois de Aleexandra, outras 300 virgens procuraram o estabelecimento para também vender a virgindade. “São pedidos da Austrália, Ásia, Europa, África, América do Sul e do Norte, além de países árabes. Todas querem vender esse ‘bem’ sem exceção”, disse um porta-voz da empresa.

Metrópoles

EMPODERAMENTO

VÍDEO: Associação dos Ciclistas de Cajazeiras promove neste final de semana pedal dedicado às mulheres

OUTRO LADO

Secretário de saúde diz que verbas federais serão mantidas e que o SAMU de Cajazeiras não vai fechar

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa