header top bar

section content

Mulher mais velha do mundo morre aos 117 anos, na Itália

A supercenteária já tinha página em sua homenagem no Facebook, como figura pública, onde há mais de 7 mil seguidores.

Por Priscila Belmont

17/04/2017 às 07h21 • atualizado em 17/04/2017 às 09h48

Emma Morano Foto: Reprodução / Facebook

Considerada a pessoa (e mulher) mais velha do mundo, a italiana Emma Martina Luigia Morano de Vercelli morreu neste sábado, aos 117 anos, em sua casa, na cidade de Verbania, conforme divulgado pela imprensa italiana.

A supercenteária já tinha página em sua homenagem no Facebook, como figura pública, onde há mais de 7 mil seguidores.

Diversos internautas deixaram mensagens carinhosas àquela que, em três séculos, passou por duas guerras mundiais, mais de 90 governos italianos, além de um noivado frustrado, um casamento conturbado e a perda de um filho.

Por sua longevidade, ela figurava no Guinness Book of Records desde maio do ano passado, após a morte de Susannah Mushatt Jones. De acordo com a publicação anual, Emma seguiu a mesma dieta por cerca de 90 anos: três ovos por dia, sendo dois crus e um cozido; massas italianas frescas; e um prato de carne crua.

Seu último aniversário foi no dia 29 de novembro.

Extra

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires