header top bar

section content

Professora é amarrada à própria cama e assassinada

Corpo de Rosângela Gomes Costa foi encontrado com, pelo menos, oito perfurações

Por Luzia de Sousa

21/04/2017 às 19h52

Uma professora universitária foi amarrada à própria cama, amordaçada e ferida até a morte em Alagoinhas, na Bahia. O corpo de Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (21), com, pelo menos, oito perfurações provalvemente causadas por facas, conforme a Polícia Civil.

A docente, que ensinava no Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) e também era enfermeira, estava desaparecida desde a quinta-feira (20). Um vizinho teria chamado a polícia e relatou ter ouvido muito barulho durante a madrugada. De acordo com depoimentos preliminares, Rosângela Costa teria discutido com alguém na própria casa. Testemunhas acreditam se terem ouvido vozes de homem. O crime está sendo investigado pela polícia.

Notícia ao Minuto

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia