header top bar

section content

Efeito JBS: mais uma vez, repórter é “trollado” durante transmissão

Enquanto o jornalista Nilson Klava fazia passagem ao vivo, uma mulher surgiu com um cartaz escrito “Diretas Já”.

Por Priscila Belmont

19/05/2017 às 08h47

O jornalista Nilson Klava fazia passagem ao vivo.

A ebulição política trazida pela delação de Joesley Batista, dono da JBS, divulgada na quarta-feira (17/5) tem deixado os repórteres em várias saias justas.

Na tarde desta quinta-feira (18/5), o jornalista Nilson Klava fazia uma passagem ao vivo durante o programa “Estúdio I”, relatando as novidades direto de Brasília. Foi quando uma mulher se postou atrás dele com cartazes onde era possível ler: “Diretas Já” e “Fora Temer”.

O mesmo jornalista passou por uma situação parecida na noite da quarta (17), quando falava na Globo News. Porém, nesse caso, não era possível saber o que estava escrito no cartaz do “manifestante”. Antes desses, mais um caso: no “Jornal Nacional”, uma mulher atrás de Zileide Silva segurou um reclame com os dizeres: “Eu votei na Dilma”.

Entenda o caso

Em uma gravação feita por Joesley Batista, dono da JBS, em março deste ano, o presidente Michel Temer (PMDB) dá aval para que o silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) seja comprado.

Além de Michel Temer, as gravações de Joesley também complicam a situação do senador Aécio Neves (PSDB), flagrado pedindo R$ 2 milhões ao empresário. O dinheiro teria sido entregue a um primo do tucano, e a cena filmada pela Polícia Federal.

Metrópoles

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan