header top bar

section content

Claudia Leitte polemiza ao declarar que ‘não pode viver sem gays’

Muitos internautas se manifestaram a respeito da fala da cantora

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/08/2017 às 09h20

Claudia leite (Foto: The Voice Brasil / TV Globo)

Empolgada com o seu novo hit ‘Badin de gelo’, em ritmo de reggaeton, Claudia Leitte vem dando declarações que deixam parte dos seus fãs descontentes.

Em recente entrevista ao G1, por exemplo, a cantora fez referência ao público LGBT de uma forma controversa e foi criticada pelo que foi considerado um reforço a estereótipos. “Eu amo o público gay e sou uma pessoa que tem necessidade de tê-los por perto, me cercando, porque eles são enérgicos, alegres, como meu público é. Então, eu não posso viver sem eles. Não posso fazer uma dissociação. Quando eu vejo a massa lá de cima, eu vejo gente feliz. E gay é feliz. Sou uma representante, e se quiserem me aceitar, sempre serei”.

Na web, muitos internautas se manifestaram a respeito da fala da loira. “Que engraçado pq a gente pode viver de boa sem ela…”, declarou um deles.

Outros relembraram uma antiga declaração de Claudia, de 2008, afirmando que não gostaria de ter um filho gay, por ver o preconceito que seus amigos sofrem. “Além disso, se muitos homossexuais ainda se dividem quanto à homossexualidade ser uma alteração genética ou de fato uma opção sexual, por que eu deveria afirmar no meio de uma brincadeira que gostaria que meu filho fosse gay?”, escreveu a cantora em seu blog, na época, tentando explicar sua fala.

Notícias ao Minuto

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan