header top bar

section content

Cigarro e anticoncepcionais são fatores de risco para a trombose

Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

17/09/2017 às 09h09 • atualizado em 16/09/2017 às 18h55

Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose é lembrado neste sábado (16)

No Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose,  especialistas alertam para os principais fatores de risco e seus sintomas. A doença é causada pela coagulação do sangue no interior das veias, mais comumente as dos membros inferiores.

Além da predisposição genética, a obesidade, a insuficiência cardíaca, o tabagismo, o uso de anticoncepcionais, e até mesmo a desidratação ou ter mais de 60 anos são fatores de risco para a doença. Permanecer sentado por muito tempo, ao dirigir ou viajar de avião, por exemplo, também é uma ameaça.

Entre os sintomas, a dor nas pernas, principalmente nas panturrilhas, além da sensação de queimação na região afetada, mudanças na cor da pele e inchaço são os mais relatados.

Para o angiologista Daniel Alexandrino, é essencial procurar o médico ao primeiro suspeita de trombose. “Uma vez levantada a suspeita, é fundamental solicitar ultrassom doppler colorido venoso dos membros para avaliar o território das pernas. Nesse momento procura-se o coágulo, que é o ‘trombo’ na veia. Qualquer médico que faça o primeiro contato, seja na rede pública ou privada, precisa saber que deve-se iniciar o tratamento”, ressaltou o especialista.

Notícias ao Minuto

VÍDEO!

CONTRA MÃO: Aliado do prefeito de Cajazeiras critica políticos de Brasília, mas admite votar em “golpista”

ENTREVISTA

VÍDEO: Líder espírita fala sobre reencarnação, contato com os mortos e suicídio no programa Xeque-Mate

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Neguim do Mondrian defende Luciano pra governador e quer fim da reeleição para combater corrupção

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as contratações dos times do Sertão, você confere no programa Diário Esportivo