header top bar

section content

Na crise, Globo e Record terão demissão em massa de funcionários; MP está investigando a Record e Justiça suspeita de fraude

O Ministério Público do Trabalho irá investigar a denúncia de irregularidades nas demissões de cerca de 400 profissionais do RecNov, da Record

Por

08/01/2016 às 08h30

O clima nos bastidores do Projac, da TV Globo, não tem sido dos melhores. Isso porque os funcionários ficaram sabendo que a emissora carioca demitirá cerca de 700 profissionais ainda no mês de janeiro.

Segundo o jornal “O Dia”, muita gente que trabalha na produção do canal de Roberto Marinho está procurando emprego na Record.

Contudo, a emissora concorrente vem passando por uma crise desde 2015 e não tem muitas vagas para preencher com novos funcionários.

Na Record

O Ministério Público do Trabalho irá investigar a denúncia de irregularidades nas demissões de cerca de 400 profissionais do RecNov, da Record, após o fim das gravações de “Os Dez Mandamentos”, há pouco mais de uma semana.

Isso porque parte dos funcionários da novela e do programa de Xuxa Meneghel foi dispensada pela emissora dos bispos e está sendo recontratada pela produtora independente Casablanca, que presta serviços ao canal.

Segundo o “Notícias da TV”, a procuradora Carina Bicalho, acredita que a prática é classificada como ‘desvirtuamento da terceirização de mão de obra’ e poderá ser denunciada na Justiça por ‘fraude na organização empresarial’.

A profissional pedirá liminar para paralisar o processo de terceirização das produções da Record.

Ainda de acordo com a publicação, a produtora Casablanca disse não ter autorização para falar sobre o assunto. Já a Rede Record não tem se pronunciado a respeito do assunto.

MSN

Tags:
PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa