header top bar

section content

Em vídeo, polêmico pastor critica ideologia de gênero: Homem nasce homem e mulher nasce mulher

O religioso fez questão de mostrar que cientificamente a frase de uma questão no ENEM não tem lógica

Por

24/11/2015 às 08h15

A frase de Simone de Beauvoir citada na prova do ENEM de 2015 gerou muita polêmica e o pastor Silas Malafaia resolveu gravar um vídeo para mostrar as incoerências do discurso do movimento LGBT.

O religioso começa dizendo que nos últimos anos participou de inúmeros debates onde os ativistas afirmavam que os homossexuais já nascem assim e agora, para implantar a ideologia de gênero, aparecem com a frase da escritora francesa para dizer que ninguém nasce masculino ou feminino.

Malafaia lembra que a ciência não tem relação com ideologias. “A criança quando nasce, isso aqui é ciência, tem uma pré-disposição de herdar características psicológicas do sexo que veio”.

A opinião do religioso é que não há como comprovar cientificamente as afirmações do ativismo gay, pois só existe macho e fêmea e as demais coisas são “vícios contra a natureza”.

“A sexualidade nas diferentes espécies cumpre três funções principais: dualismo, complementariedade e fecundação. Que conversa é essa que ninguém nasce masculino e feminino?”, questiona.

Malafaia aproveita para mostrar a importância de votar em pessoas e partidos que não tenham posicionamentos contrários à família.

“Essa gente tem que ser varrida da política pelo viés democrático do voto”, afirma o pastor assembleiano que constantemente é alvo de investigações por parte do Governo.

Gospel Prime

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’