header top bar

section content

Como assim? Ex-BBB diz que já foi abduzido por Ets e revela experiência

"Já tive uma experiência de abdução, que estou tentando desvendar com hipnose", disse o ex BBB

Por

15/06/2015 às 08h10

Ex-BBB participa de evento de Ufologia em Porto Alegre (Foto: Maria Polo/G1)

Desde pequeno, Daniel Gevaerd, 32 anos, participante da 9ª edição do Big Brother Brasil, tem contato com a ufologia. Mesmo seu berço já era decorado com desenhos do filme "E.T – O Extraterrestre", clássico da década de 1980 dirigido pelo cineasta Steven Spielberg. Filho de A. J. Gevaerd, um dos grandes estudiosos da área no país..

A influência da família sempre motivou o interesse do publicitário em seres de outros planetas e a seriedade do trabalho do pai lhe dá segurança nas informações. "Já tive uma experiência de abdução, que estou tentando desvendar com hipnose".

Há três meses, a família de Gevaerd sofreu um grande baque com a perda da irmã dele, Daniela, em um acidente de carro. O jovem conta que ela ajudou a organizar o evento e era quem levava os projetos adiante. Hoje, ele encontra conforto em sua crença espiritual, ligada ao espiritismo e à ufologia. "Sabemos que ela está trabalhando duro em outro lugar. Ela nos disse através de uma médium que é verdade, que a vida continua após a vida carnal", observa.

Conexão com ufologia o levou ao BBB

Daniel ficou dez dias na primeira edição da Casa de Vidro do Big Brother e não chegou a entrar na casa principal. Ele afirma que foi justamente a conexão com a ufologia que chamou a atenção dos recrutadores do reality show. Daniel já havia feito três tentativas de entrar na casa, mas foi quando enviou um vídeo com a frase "quero ser abduzido pela nave BBB", que foi escolhido.

O único arrependimento é de ter se deixado levar pelo momento e ter perdido o foco de realmente entrar no programa. "Devia ter sido mais ator, afinal, valia R$ 1 milhão", avalia.

Morando em Campo Grande (MS), ele conta que ainda é reconhecido na rua, mas encara a experiência com humildade. "Tive meus 15 minutos de fama e subiu à cabeça. Me ajudou a focar no que realmente importa", desabafa.

O ex-brother diz que tinha muita vontade de ser famoso, quando era mais jovem, e chegou a fazer aulas para buscar o sucesso. Após a participação, ele acredita que foi melhor assim, pois era muito inconsequente antes e agora ficou em paz. "Se eu tivesse ganhado, não sei se estaria vivo hoje", conclui.

G1

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!