header top bar

section content

Marca de remédio causa polêmica ao dizer que cólica é ‘mimimi’ e frescura de mulherzinha

A marca usou frases como "Que fique claro, somos a geração das mulheres #SemMimimi" e "Se você não tem tempo para mimimi, descubra Novalfem".

Por

11/06/2015 às 07h40

Mimimi - por Fernando Caldeira

Uma marca de remédio para cólicas causou a ira de muitas mulheres ao chamar as dores da cólica de "mimimi" – expressão para falar que uma reclamação é sem sentido ou é pura frescura.

A nova campanha da farmacêutica Sanofi – que produz o medicamento Novalfem – criada pela agência Publicis apresentou peças com a expressão "Sem mimimi". 

A marca usou frases como "Que fique claro, somos a geração das mulheres #SemMimimi" e "Se você não tem tempo para mimimi, descubra Novalfem".

A campanha partiu de uma pesquisa de campo que mostrava que 75% das mulheres deixam de cumprir com tarefas do dia a dia por conta das fortes dores vindas da cólica menstrual.

Chamar as dores de frescura não foi perdoado por muitas mulheres que ficaram sabendo da campanha. No Facebook, muitas criticaram a marca.

"Foram extremamente infelizes, jamais uma dor pode ser tratada dessa forma". Outra escreveu: "Não tem uma mulher na agência para levantar a mãozinha e dizer 'Olha, cólica não é frescura'?".

Mulheres que sofrem de endometriose, inflamação no endométrio durante as menstruações (o que provoca dores ainda mais severas), também apareceram para apontar o erro da campanha.

"Eu, como portadora de Endometriose Severa, digo que essa propaganda é de total desrespeito. Você não pode imaginar o quanto sofremos. É triste ler isso", disse uma delas.

Explicações da marca
A Novalfem, lendo todas as críticas, disse que tudo não passou de um equívoco. Segundo eles, a expressão "mimimi" da campanha não se refere à frescura. É, sim, uma "releitura" para expressar a sensação incômoda das cólicas. 

Em certo trecho das peças publicitárias da campanha, de fato há a ideia de que a marca talvez não tenha entendido o que quer dizer "mimimi" e usou a palavra para expressar algo como "dores da cólica". Ela diz: "Aí aparece o mimimi, um estado que só as mulheres compreendem, e que pode tornar o seu dia ainda mais difícil". 

Mas a explicação não colou muito. Ainda assim houve críticas. Uma leitora comentou: "Machista, sexista, preconceituosa, desonesta, julgadora. Chega a ser abusiva essa propaganda".

A campanha do medicamento foi estrelada pela cantora Preta Gil. No vídeo, uma música que diz "Acabou o mimimi".

MSN

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe