header top bar

section content

No BBB 15, Talita acorda sem calcinha após noite com Rafael: ”posso ficar grávida”

"Eu preciso de uma pílula, senão posso ficar grávida", confessou.

Por

31/01/2015 às 06h13

Sob o edredon, Talita tirou peça de roupa; nesta quinta, sister disse que precisa de pílula.

"Sensacional. Estou um pouco bêbada ainda, eu acho", declarou a participante Talita nesta quinta-feira (29), durante o "raio-x", momento em que o elenco do Big Brother Brasil fala à produção do programa sobre suas experiências mais recentes no reality show. A sister se referia ao jantar árabe oferecido na noite anterior, depois do qual a aeromoça foi dormir com Rafael. A noite íntima do casal sob o edredom — recheada de suspiros, gemidos e sussurros — foi concluída com um pedido de Talita na manhã seguinte: "Eu preciso de uma pílula, senão posso ficar grávida", confessou. 

Anteriormente, a aeromoça já havia descartado a possibilidade de manter relações sexuais dentro da casa, cercada por câmeras e vigiada 24 horas via pay-per-view. A insistência do rapaz, contudo, pode ter levado a aeromoça a mudar de ideia. "Quero fazer sexo", disse Rafael na madrugada da última segunda-feira (26), enquanto trocava carícias com a moça na mesma cama.

Nesta quinta-feira, ao acordar com o jovem ao lado, Talita admitiu que estava sem calcinha. "Acho que está embaixo da cama", disse ela a Rafael. Na madrugada, enquanto ainda sussurravam sob o cobertor, a moça fez um pedido: "Rafa, deixa eu falar uma coisa: tira, tira".  Minutos mais tarde, ao levantar-se para voltar à festa árabe, o estudante de administração perguntou à goiana: "Não quer se limpar?".

Diário de Pernambuco

Tags:
ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo