header top bar

section content

Apresentador leva bananas para o estúdio e elogia Daniel Alves: “Inteligente e sensível”

Jô Soares se manifestou contra o caso de racismo enfrentado pelo jogador

Por

29/04/2014 às 07h49

Jô participa do movimento contra o racismo, distribuindo e comendo bananas. (Foto: TV Globo)

Jô Soares abriu o programa desta segunda-feira (28) comendo uma banana. O gesto foi uma homenagem à atitude de Daniel Alves em campo. Além de comer a fruta, o apresentador distribuiu algumas para a plateia.
 
“Nossa abertura é uma homenagem ao inteligente e sensível Daniel Alves. Que resposta maravilhosa”, definiu.

Em seguida, Jô pegou o telefone e ligou para Daniel para parabenizá-lo em pleno programa:

"Foi espontâneo, não imaginava que daria toda essa repercussão", comentou jogador do Barça.
 
Em mais um terrível caso de racismo no futebol, Daniel surpreendeu. Neste domingo (27), o lateral-direito do Barcelona e da Seleção Brasileira foi cobrar um escanteio na partida contra o Villareal, pelo Campeonato Espanhol, quando um torcedor arremessou-lhe uma banana. O jogador pegou a fruta do chão e comeu.
 
Ao longo do dia, diversos famosos postaram fotos com uma banana em sinal de solidariedade a Daniel e em combate ao preconceito racial. Luciano Huck, Angélica, Xuxa, Neymar, Alexandre Pires, Claudia Leitte, Ivete Sangalo e Michel Teló. O caso virou uma campanha com a hashtag #TodosSomosMacacos.

Jô leva um cacho de bananas e distribui para a plateia
Jô leva um cacho de bananas e distribui para a plateia

Jô leva um cacho de bananas e distribui para a plateia
Jô Soares elogiou postura de Daniel Alves

Fonte: O Fuxico 

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula