header top bar

section content

Travesti de Cajazeiras diz como passou para gênero feminino e faz revelações. VÍDEO!

Joyce Montinelly relembra a sua trajetória permeada de muito preconceito e dor, e relata que descobriu ainda criança sua condição de gênero

Por Jocivan Pinheiro

09/09/2016 às 16h10 • atualizado em 09/09/2016 às 18h26

Uma das figuras mais folclóricas e de forte engajamento social de Cajazeiras concedeu uma entrevista marcante no programa Interview, da TV Diário do Sertão. Estamos falando de Joyce Montinelly, travesti e ativista pelos direitos das LGBT’s que já vem há um bom tempo se destacando como uma das principais articuladoras desse ativismo no âmbito das instituições públicas em Cajazeiras.

+ Travesti de Cajazeiras denuncia “rede de prostituição e escravidão” LGBT na PB

Joyce relembra a sua trajetória permeada de muito preconceito e dor, enfrentados inclusive no seio da própria família, e relata que descobriu ainda criança que tinha nascido homem, mas sua identidade de gênero era totalmente feminina.

Ela destaca a presença fundamental da sua mãe nessa trajetória, suprindo também a ausência do pai, e o apoio que recebeu quando decidiu assumir de vez a identidade de Joyce Montinelly, deixando de ser Thiago (nome original).

A luta árdua e perigosa contra a discriminação e a violência que atingem a comunidade LGBT continua e ainda há muito o que reduzir, extinguir e conquistar. Mas hoje em dia, Joyce já se considera vitoriosa por ter conquistado o respeito de muitos e por estar participando efetivamente das políticas públicas para a sua comunidade, sendo inclusive presença assídua em vários eventos nacionais.

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula