header top bar

section content

Pré-candidato ao Governo da PB manda recado para Vituriano e rebate resultado de pesquisa: “Cássio e RC brigam por cargos”

Para Veneziano, a situação do atual governador Ricardo Coutinho é difícil e a tendência de Cássio é cair cada dia mais.

Por

27/03/2014 às 20h42

O ex-prefeito de Campina Grande e pré-candidato ao Governo do Estado, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) concedeu entrevista no programa Censura Livre nesta quinta-feira (27) na TV Diário do Sertão.

Na oportunidade, o pré-candidato rebateu o resultado da pesquisa eleitoral da MaisPB/Consult divulgada nesta quinta-feira (27) onde o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) lidera a disputa ao Governo do Estado com 40,80% das intenções de voto. Em segundo lugar, aparece o governador e pré-candidato à reeleição, Ricardo Coutinho (PSB), com 23,90%, seguido pelo ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital (PMDB), que é o preferido de 12,15% dos paraibanos.

Veneziano disse que, a situação do atual governador Ricardo Coutinho é difícil, pois, mesmo estando no poder e desejoso de reeleição, não conseguiu alcançar nem 30% dos votos.

Com relação ao resultado do senador Cássio, Veneziano disse que, sua tendência é cair. Segundo ele, em dezembro de 2013, os resultados das pesquisas traziam Cássio com 50% das intenções de votos. “Sua tendência é cair. Até aqui ele está afastado das discussões, mas, precisará interagir. Como vão explicar três anos e dois meses juntos e, agora a separação?”, disse.

Segundo Veneziano, os discursos de Cássio e Ricardo com relação ao rompimento são vergonhosos. “Uma briga rasteira que só envolve cargos e demissões”, disse.

Entra e sai – O ex-prefeito de Campina Grande falou sobre as recentes entrevistas do deputado estadual, Vituriano de Abreu (PSC) que tem revelado tendência para apoiar o senador Cássio nas eleições que se aproximam. Veneziano disse que, a pergunta deve ser direcionada ao deputado.

 “É uma pessoa da minha estima e que esteve presente conosco nas últimas eleições ao lado de Carlos Rafael e Adjamilton. Se ele quiser ficar ao lado de Cássio, o PMDB continuará tendo candidato que é Veneziano”, disse.

Veneziano revelou inclusive que tem conversado com o presidente do PSC, o deputado federal Leonardo Gadelha e que poderá haver uma união.

Esclarecimentos – O ex-prefeito criticou a posição do grupo do atual governador Ricardo Coutinho em comparar sua gestão em Campina Grande ao seu Governo a frente do Estado. Ele aproveitou para listar obras realizadas na cidade e falou sobre o processo “Maranata” dizendo que foi arquivado por falta de provas.

Veneziano falou também sobre o fato de seu irmão, o senador Vital do Rêgo (PMDB) não ter aceitado o cargo de ministro, oferecido pela presidente Dilma Rousseff (PT). “Não ficou nenhuma seqüela. Ele provou que não está lá para lutar por cargos”, disse.

DIÁRIO DO SERTÃO

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!

ENTREVISTA

VÍDEO: Artista sousense que impressionou o público com suas pinturas fala sobre sua obra e trajetória