header top bar

section content

Vereador Marcos Barros diz ser doutor em legislativo, lamenta afastamento de Aldemir e afirma que vai seguir seu partido em 2014

Ele disse ainda que, acredita que o senador Cássio irá votar em Ricardo e vai indicar o vice, seu irmão, Ronaldo Filho.

Por

22/05/2013 às 19h21

O vereador e líder do governo em Cajazeiras, Marcos Barros (PSB) concedeu entrevista a TV Diário do Sertão no programa Interview nesta quarta-feira (22) e na ocasião, o vereador falou com relação às eleições em 2014. O vereador Marcos Barros disse que vai seguir a orientação de seu grupo político, comandado em Cajazeiras pela prefeita Denise Oliveira (PSB), pelo ex-prefeito Carlos Antonio (DEM) e de seu partido que é o mesmo do governador Ricardo Coutinho (PSB).

O grupo do qual o vereador faz parte, tem três possíveis candidatos a deputado estadual, são eles: Jeová Campos (PT), Fabiano Gomes (PPL), que conta com o apoio do governador e José Aldemir (PEN), amigo de longa data do vereador Marcos Barros. Entretanto, Marcos Barros apenas lamentou a situação. “José Aldemir poderia ter ido para um partido de diálogo com o governo, não para um grupo inexpressivo. Tenho que seguir a orientação do meu partido, assim como o deputado segue a orientação do partido dele”, disse.

Com relação ao cargo de governador, Marcos Barros disse que acredita que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) irá votar em Ricardo Coutinho e vai indicar o vice, provavelmente seu irmão, Ronaldo Cunha Lima Filho. “Dois homens inteligentes não vão brigar para dar espaço aos nossos inimigos políticos”, disse.

Política
Há tanto tempo vereador, Marcos Barros contou que a em uma de suas campanhas, trabalhou sem subir no palanque, mesmo assim conseguiu êxito. “Fiz campanha boca a boca, não podia subir em palanque, se não precisava pedir voto para Vituriano e eu pedia voto para Carlos Antônio”, disse.

Devido aos vários anos que foi eleito presidente da Câmara em Cajazeiras, Marcos Barros disse que se considera um doutor em matéria de Poder Legislativo.

Trajetória
Nascido na periferia da cidade de Cajazeiras, Marcos Barros tem cinco mandatos como vereador, e foi seis vezes presidente da Câmara Otacílio Jurema. O vereador contou que perdeu o pai muito cedo que faleceu deixando cinco filhos, sendo que o mais velho foi assassinado no Rio de Janeiro.

Nessas circunstancias, o vereador contou que estudou graças a sua avó que sempre lhe deu força. E foi na escola que ele diz ter começado a lutar pelos interesses e direitos dos alunos, daí o ingresso na vida pública.

DIÁRIO DO SERTÃO

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis