header top bar

section content

Treze vence o Sousa e conquista o 2° turno

O Dinossauro do Sertão entrou no Amigão de sapato alto e viu o título antecipado de campeão escapar entre os dedos. A equipe podia até perder por um gol de diferença, mas acabou derrotada por 2x0.

Por

26/04/2009 às 21h20

Na raça e superação, o Treze venceu o Sousa por 2 a 0, mesmo placar do revés sofrido no jogo de ida, quarta-feira, e conquistou o segundo turno do Campeonato Paraibano, já que tinha vantagem de jogar por dois resultados iguais por ter feito maior número de pontos nas duas fases de classificação.

George, aos cinco e 18 minutos do segundo tempo marcaram os gols do time alvinegro. Com a conquista do returno, o Galo agora parte para nova decisão diante dos sousenses, vencedores do primeiro turno, pelo título do Estadual, em mais duas partidas. O Treze ainda joga com a vantagem de dois resultados iguais.

Assim como na primeira partida, o jogo teve expulsões, duas pelo lado do Sousa – Juninho e Rogério, por jogada desleal. Mas, sem tumulto. O primeiro jogo da grande decisão deve acontecer nesta quarta, em Patos. e o segundo domingo, em Campina Grande.

O JOGO
Mesmo com vários desfalques, o Galo partiu com tudo para cima do Sousa, mesmo porque precisava vencer por dois gols de diferença. Logo aos nove minutos, Alex Xavier cruza e George quase marca. Aos 12 mintos, Joãozinho cruza para a área e Ernandes acerta bela cabeçada, mas o goleiro Ricardo faz grande defesa.

Precavido, o time sousense resolve acordar em campo e na primeira boa jogada, Edmundo dribla dois adversários e chuta a gol, mas Rodrigues defendeu com tranquilidade.

Após o susto, o Alvinegro voltou a pressionar os sertanejos. Aos 22 minutos, Gustavo cai pela direita, chega na linha de fundo e cruza. A zaga corta e é outro escanteio para o Treze. Na cobrança a zaga sousense isola. O time tem a grande chance de abrir o placar. Gustavo cruza para Jaime, que chuta cruzado.

Aos 30 minutos, outra boa chance dos trezeanos. George avança, invade a área e chuta forte para o gol. Ricardo defende. Na sequencia, novo cruzamento para a área e Alex Xavier aparece e cabeceia no travessão.

Após a pressão, o Sousa trata de esfriar a partida e toca a bola em seu campo de jogo. Já o Alvinegro procura sair para o intervalo com um gol, mas o placar mesmo termina 0 a 0.

SEGUNDO TEMPO
Os times voltam se alterações. Agora é tudo ou nada para o Galo. Para o Alviverde vale titulo antecipado. Quando a bola rola novamente, o time trezeano mantém a pressão e marca aos cinco minutos. Joãozinho puxa e o contra-ataque e lança para Ernandes que chuta forte, o Ricardo defende e Goerge marca. Treze 1 a 0.

Aos 7 minutos, o Sousa perde o meio-campista Juninho. Ele faz falta em George por trás e como já tinha cartão amarelo, acaba sendo expulso. Com um homem a mais, o time galista segue em busca do segundo gol. A equipe visitante troca Claudinho pó Cléber.

No Treze, o técnico Marcelo Vilar faz duas substituições: Celso e Antônio Carlos nos lugares de André Lima e Tony, respectivamente. Mas o time segue pressionando e tem grande chance de ampliar, aos 11 minutos, quando Celso cruza, e George e Ernandes chegam atrasados na hora da conclusão.

Mas aos 18 minutos, George faz a alegria da torcida no Amigão ao marcar o segundo gol de cabeça, após aproveitar cruzamento de Antônio Carlos. Treze 2 a 0 Sousa. Após marcar mais um, o atacante sofre contusão e deixa o campo para entrada de Gildásio.

Aos 22 minutos, o Sousa vai para cima do Treze e consegue escanteio. Na cobrança, a zaga do Treze afasta e puxa contra-ataque com Antônio Carlos, que lança para Ernandes, que desperdiça chance de “matar” o jogo. Sai sorteio para o exame antidoping. Pelo Galo, Alex Xavier e Tony e no Sousa, Nino e Mir.

O tempo passa e o Alvinegro segue tentando administrar o resultado. Os sousenses têm falta perto da área, mas Cairo chuta mal, aos 35 minutos. Aos 42 minutos, o Sousa tem mais um jogador expulso. Rogério, após cometer falta em Joãozinho.

Agora, as coisas se complicam para o adversário e a torcida do Galo já prepara festa nas arquibancadas, que se concretiza após apito final do árbitro José Renato.

Ficha Técnica
Treze
Rodrigues, Gustavo, Alex Xavier, André Lima (Celso) e Jaime; Alexandre Silva, Tony (Antônio Carlos), Bruno e Joãozinho; Ernandes e George (Gildásio). Técnico – Marcelo Vilar
Sousa
Ricardo, Nino Paraíba, Rogério, Mir e Claudinho (Cléber); Juninho, Cairo, Bileu e Jéferson (Alex); Edmundo e Alex Olinda. Técnico – Reginaldo Sousa
Gols – George (T), aos 5miN e aos 16min, do 2º tempo
Cartão amarelo – Joãozinho, Alex Xavier, Antônio Carlos (T), Juninho, Rogério (S)
Cartão vermelho – Juninho, Rogério (S)
Árbitro – José Renato
Assistentes – Broney Machado e Sousa Júnior 

Fonte: paraibaonline

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares