header top bar

section content

Nacional perde para o Fluminense

O time patoense bem que tento mais não deu pra vencer.

Por

05/03/2009 às 21h51

Em meio a uma grande bagunça, Fred foi apresentado na manhã desta quinta-feira, nas Laranjeiras. À noite, o atacante esteve no Maracanã e acompanhou a vitória do Tricolor sobre o Nacional de Patos-PB por 3 a 0, gols de Thiago Neves, Everton Santos e Tartá, pela Copa do Brasil. O resultado classificou o time, que foi vaiado pela torcida, para a segunda fase da competição.

Agora, o Fluminense vai esperar por América-MG ou Águia de Marabá-PA. No primeiro jogo, no Pará, os donos da casa venceram por 2 a 1. A partida de volta será realizada no dia 18 de março, em Belo Horizonte.

Com o resultado positivo, os jogadores, por enquanto, salvaram também o cargo do técnico René Simões, ameaçado de demissão, segundo já tinha avisado próprio presidente do clube, Roberto Horcades.

Porém, antes da Copa do Brasil, o Fluminense tem compromisso pela primeira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro. No domingo, o Tricolor encara o Mesquita, às 18h, no Engenhão.

O jogo

Por ter vencido o duelo por 1 a 0 na Paraíba, o Fluminense entrou em campo com uma vantagem considerável. Mas, para evitar qualquer tipo de zebra no Maracanã, o Tricolor começou a partida em cima do Nacional de Patos.

Em oito minutos, a equipe já tinha desperdiçado duas boas oportunidades. Uma com Everton Santos e outra com Thiago Neves. De tanto martelar, aos 12, o Fluminense abriu o placar, de pênalti, justamente por intermédio de Thiago Neves.

Com a vantagem e a classificação praticamente assegurada, o Fluminense relaxou na partida. O Nacional de Patos "cresceu" e foi tentar o empate. Para não dar sopa para o azar, o Tricolor, no fim do primeiro tempo, marcou o segundo com Everton Santos.

A boa vantagem fez com que o Fluminense voltasse sonolento para o segundo tempo. Para tentar dar uma "sacudida" no time, René Simões, aos 15 minutos, tirou o volante Fabinho e colocou o meia Darío Conca. Logo depois, aos 27, Leandro Bomfim saiu para a entrada do xará Domingues.

As alterações não surtiram efeito e o Fluminense parou de jogar. O Nacional de Patos, por sua vez, teve uma ótima chance, aos 35 minutos, mas Marcos desperdiçou na frente de Fernando Henrique. No fim, para amenizar a irritação da torcida, Tartá, em posição irregular, anotou o terceiro e deu números finais ao confronto.

FLUMINENSE 3 x 0 NACIONAL DE PATOS-PB

Fluminense
Fernando Henrique; Mariano, Luiz Alberto, Edcarlos e Leandro (João Paulo); Fabinho (Darío Conca), Romeu, Leandro Bomfim (Leandro Domingues) e Thiago Neves; Tartá e Everton Santos.
Técnico: René Simões

Nacional de Patos-PB
Adson; José Wilker, Nilson Paraíba, Alisson e Max; Marcílio, Enercino (Alan), Ribinha (Neto Baiano) e Jean; Eduardo Rato e Eduardo (Marcos).
Técnico: Marcos Nascimento

Data: 05/03/2009 (quinta-feira)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Jefferson Schmidt (SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (Fifa- SC) e Kleber Lucio Gil (SC)
Cartões amarelos: Edcarlos e Tartá (Fluminense). Adson, Jean, Eduardo Rato e Marcílio (Nacional de Patos-PB).
Gols: Thiago Neves, aos 12 minutos; e Everton Santos, aos 42 minutos do primeiro tempo. Tartá, aos 47 minutos do segundo tempo.

Fonte: Uol Esportes

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!