header top bar

section content

Flamengo tem 9 jogadores em baixa com a torcida

Guerrero foi aconselhado ao Boca Juniors por equipe técnica da seleção peruana

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

28/04/2016 às 09h20

Guerrero foi aconselhado ao Boca Juniors por equipe técnica da seleção peruana

Eliminado da Primeira Liga e do Estadual, o Flamengo busca se reestruturar para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. No entanto, o clima não é dos mais leves entre jogadores e torcida. Pelo menos nove deles estão em crise com os torcedores depois dos últimos resultados.

O capitão Wallace é o que enfrenta rejeição mais forte dos rubro-negros e um ambiente pesado. O goleiro Paulo Victor, o zagueiro César Martins, o lateral-esquerdo Jorge, o volante Márcio Araújo, os meias Gabriel e Alan Patrick, e os atacantes Emerson Sheik e Guerrero também têm sido bastante questionados pelos torcedores.

No setor defensivo, Paulo Victor vê a sombra de Alex Muralha no banco de reservas e o desejo de parte da diretoria em negociá-lo. A atuação na eliminação para o Vasco praticamente encerrou a possibilidade de uma renovação com César Martins. Esperança da base, o lateral Jorge caiu de rendimento desde o final do ano passado. Normalmente querido por treinadores, Márcio Araújo sofre com críticas constantes da torcida há tempos.

Olhando para o setor ofensivo, Alan Patrick segue manchado pela polêmica do “Bonde da Stella”, Gabriel não consegue se firmar mesmo depois de inúmeras chances, enquanto Emerson Sheik e Guerrero ainda não correspondem ao investimento e estão longe do que já produziram nas respectivas carreiras.

Os rubro-negros querem mudanças e também pressionam a gestão Eduardo Bandeira de Mello nas redes sociais. Com Wallace no topo da pirâmide de rejeição, o Flamengo tenta se reinventar e estuda o que fazer com o elenco para a sequência da temporada.

Saídas não estão descartadas, assim como a chegada de um zagueiro e de outros nomes para reforçar o grupo. Por ora, o diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano defende os atletas, principalmente Wallace, e diz acreditar na volta por cima em 2016.

“Eu lamento muito que isso ocorra. Sempre se escolhe um ou dois para cristo. Além de grande profissional, o Wallace é uma grande figura humana. Existe uma predisposição contrária. Ele só vai reverter participando de uma equipe vencedora. Imagine o quanto esses jogadores não têm que trabalhar o lado psicológico para reverter isso. Sei que ele vai superar, já demonstrou que tem qualidade”, encerrou.

GUERRERO NO BOCA?

O auxiliar do técnico da seleção peruana, Roberto “Ñol” Solano, aconselhou o jogador mais valioso do time a trocar o Rubro-Negro pelo Boca Juniors. Solano trabalha com Ricardo Gareca, que já treinou o Palmeiras.

“Falamos com Paolo Guerrero sobre o Boca. Tentei convencê-lo. O que sempre digo aos rapazes no Peru é que, se têm uma oportunidade, vão para o Boca Juniors” disse Solano ao programa de rádio Diário Xeneize, da Argentina, como informa o Jornal Extra.

Roberto “Ñol” Solano é do treinador do time argentino, Guillermo Barros Schelotto.

Em 2015 Guerrero chegou ao Flamengo , vindo do Corinthians, por um valor próximo aos R$ 40 milhões. Em 36 jogos, o peruano marcou 12 gols com camisa rubro-negra.Com informações da Folhapress.

Notícias ao Minuto

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan