header top bar

section content

FPF descarta mexer nas semifinais do Paraibano e aguarda posição do TJD

Presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues evita falar sobre a ação movida pelo Treze e mantém Campinense x CSP para o próximo domingo

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

03/05/2016 às 14h21

Amadeu Rodrigues prefere não comentar a ação do Treze (Foto: Edgley Lemos / GloboEsporte.com)

O Campeonato Paraibano segue normalmente. Pelo menos foi o que garantiu nesta terça-feira o presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues. O dirigente não quis comentar a ação do Treze contra o Campinense até que haja uma decisão do Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB), mas informou que até o processo ser julgado, nada muda no calendário do estadual.

– A Federação não vai se pronunciar até o TJD dar uma posição. Existe um trâmite legal e está dentro dos prazos, mas isso, por enquanto, não afeta o andamento do Campeonato Paraibano – explicou Amadeu Rodrigues.

O processo pode parar o estadual, uma vez que o Galo entrou com um pedido de liminar para que a semifinal entre CSP e Campinense, que começa no próximo domingo, seja cancelada, e que a Raposa seja excluída da competição. A diretoria do Treze espera, com isso, conseguir assumir a vaga do arquirrival no Paraibano.

Na ação movida junto ao TJD-PB, o Galo alega que o Campinense não cumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, ao deixar de pagar o INSS e o FGTS, e isso teria gerado desigualdade entre as equipes, já que o Treze montou um elenco dentro das suas possibilidades financeiras, enquanto o rival teria priorizado gastos elevados e permanecido na inadimplência. A FPF também foi citada na ação e, segundo o Alvinegro, houve omissão da entidade, que deveria ter excluído o Campinense.

O Tribunal pediu esclarecimentos tanto para o Campinense quanto para a FPF, mas ainda não divulgou nenhuma decisão sobre o caso. Assim, a primeira partida da semifinal entre CSP e Campinense, que acontece daqui cinco dias, está mantida. O jogo está marcado para as 19h do domingo, no Estádio Amigão.

Na manhã desta terça-feira, a diretoria do Treze quebrou o silêncio e falou sobre a ação impetrada. E o vice-presidente do Galo, Paulo Gayoso, se mostrou confiante na vitória do Alvinegro nos tribunais.

GE

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan