header top bar

section content

Sousa pode ter dois desfalques para a partida contra o Botafogo-PB

Este será é o sexto duelo entre as equipes do Botafogo e Sousa nesta temporada

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

06/05/2016 às 12h57 • atualizado em 06/05/2016 às 14h58

O treinador do Sousa, Jazon Vieira, ganhou duas preocupações para a partida de domingo contra o Botafogo-PB, pela semifinal do Campeonato Paraibano. O zagueiro Maceió e o volante Gil Pernambucano estão com problemas musculares na coxa e serão reavaliados pelo departamento médico do clube nesta sexta-feira.

Precavido, o comandante do Dinossauro já testou algumas opções, caso não possa contar com os dois atletas. Na vaga de Maceió a tendência é que o treinador opte por Diogo. Já no meio, o favorito para substituir Gil Pernambucano é o jovem da base, Júnior Lira.

No entanto, as definições sobre o time titular do Sousa devem sair somente na tarde desta sexta-feira, após o último treino coletivo da equipe antes da viagem para João Pessoa.

Este será é o sexto duelo entre as equipes do Botafogo e Sousa nesta temporada. Por enquanto, a vantagem está sendo do Belo. O time de João Pessoa venceu três partidas e o Sousa duas das cinco disputadas.

Nesta semi quem saiu na frente foi o Dinossauro. O time do Sertão venceu o primeiro jogo por 2 a 1, e joga contra o Belo no Estádio Almeidão, podendo só empatar para chegar a decisão do estadual e garantir uma vaga na Série D. No caso do Belo, qualquer vitória simples serve para levar o clube a quarta final seguida no Campeonato Paraibano. A partida acontece às 16h30.

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”