header top bar

section content

Melhor do mundo? Suárez supera CR7 e Messi em números nesta temporada

Em grande fase, uruguaio é artilheiro e líder de assistências do Espanhol, está perto de assegurar Chuteira de Ouro na Europa e surge como nome forte para Bola de Ouro

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/05/2016 às 10h45

Luis Suárez pula para comemorar um de seus 56 gols pelo Barcelona na temporada (Foto: Reuters)

O reinado de Messi e Cristiano Ronaldo, que se revezam como vencedores do prêmio de melhor jogador de futebol do mundo desde 2008, pode estar perto do fim. Vivendo o principal momento da carreira, o uruguaio Luis Suárez supera os dois craques em números nesta temporada e já surge como um dos favoritos para levar a próxima Bola de Ouro. Como a premiação é pelo ano, e não pela temporada, o camisa 9 do Barcelona precisaria ir bem também no segundo semestre de 2016. Será que ele tem fôlego? Pelo menos neste momento, Suárez é apontado por muita gente como o melhor do planeta.

O atacante uruguaio teve boa temporada passada, sua primeira pelo Barça, mas a atual é fantástica. Ele, que já foi tido como elo menos forte do trio MSN, com menos poder de decisão do que os amigos e companheiros de time Messi e Neymar, agora aparece com muito mais destaque. Os números comprovam isso. No Campeonato Espanhol, por exemplo, onde o time catalão é líder e está a uma vitória sobre o Granada no sábado de assegurar o título, Suárez é o artilheiro isolado, com 37 gols – Cristiano Ronaldo é o segundo, com 33, e Messi é o terceiro, com 26. E é ainda o líder de assistências, junto do argentino, com 16 cada – em seguida aparece Koke, do Atlético de Madrid, com 14.

Na temporada de forma geral, Suárez tem 56 gols em 51 jogos, média incrível de 1,1 gol por partida. E ele ainda pode melhorar essa marca, pois faltam duas partidas – além da última rodada do Espanhol, tem a final da Copa do Rei contra o Sevilla em 22 de maio. CR7 marcou 49 gols em 46 jogos, média de 1,06, e Messi balançou a rede 41 vezes em 47 aparições, média de 0,87.

Artilharia Espanhol (Foto: GloboEsporte.com)

Assistências Espanhol (Foto: GloboEsporte.com)

– É difícil dizer se estou no meu melhor momento, porque, como dizem aqui, pode trazer má sorte. Mas vamos seguir ajudando a equipe com gols, assistências, com o trabalho – disse Suárez, de forma bem-humorada, durante coletiva de imprensa que concedeu nessa quinta-feira.

Os 37 gols no Espanhol também deram a Suárez a liderança na Chuteira de Ouro, prêmio para o artilheiro da Europa contabilizando somente as ligas nacionais. O atacante já dividiu o troféu com Cristiano Ronaldo na temporada 2013/14 com os 31 gols que marcou pelo Liverpool no Campeonato Inglês, números que já superou com folga. E mais um fato: o uruguaio já tem a quinta maior artilharia de uma única edição do Espanhol, atrás de Messi (50 gols em 2011/12 e 46 em 2012/13) e Cristiano Ronaldo (48 gols em 2014/15 e 40 em 2010/11).

Geniais, o camisa 10 do Barcelona e o 7 do Real Madrid têm atingido números totalmente fora do comum nas últimas temporadas, mas Suárez conseguiu ao menos entrar no meio dessa lista. Comparando a quantidade de gols de cada um, Luisito já está pelo menos na sexta posição por conta dos 56 que fez em 2015/16. Messi marcou mais vezes em três temporadas: 2011/12 (73 gols), 2012/13 (60) e 2014/15 (58). Cristiano, por sua vez, fez mais gols em 2014/15 (61) e 2010/11 (60).

Chuteira de Ouro (Foto: GloboEsporte.com)

Suárez entre Messis e Cristianos (Foto: GloboEsporte.com)

Há muito tempo o Barcelona não tinha um artilheiro que não Lionel Messi. A última vez em que isso havia acontecido foi em 2008/09, quando o camaronês Samuel Eto’o foi o maior goleador do time. Suárez está quebrando mais esse tabu e faz questão de evitar qualquer polêmica com o amigo argentino por conta disso.

– A função do atacante é ajudar a equipe. O Leo gosta de marcar muitos gols, mas acho que ele ficará mais orgulhoso se o time for campeão do que preocupado com quem será o artilheiro.

Se Luis Suárez mantiver o ritmo na primeira metade da próxima temporada, tem grande chance de chegar à Bola de Ouro da Fifa como grande favorito. Mas ele garante não se preocupar com isso e ainda guarda mágoa da entidade máxima do futebol por conta da suspensão de quatro meses que recebeu por morder o italiano Chiellini na última Copa do Mundo. O camisa 9, inclusive, recusou convite da Fifa para ir à cerimônia da Bola de Ouro em janeiro, que teve Messi vencedor e Cristiano Ronaldo e Neymar como demais finalistas.

Neymar, Suárez e Messi celebram gol (Foto: LLUIS GENE / AFP)

Neymar, Suárez e Messi têm muita sintonia no ataque do Barça (Foto: LLUIS GENE / AFP)

– (Bola de Ouro) Não é o primordial para mim. Não penso nisso nem fico me lembrando (punição da Fifa), porque não sou rancoroso. E tenho por eles um respeito que não tiveram por mim.

Mais até do que os prêmios individuais, Suárez corre atrás dos títulos coletivos com o Barcelona neste final de temporada. Os catalães podem ser campeões espanhóis neste sábado, contra o Granada, e também lutam pela Copa do Rei, onde terão pela frente na final o Sevilla. Para ter sucesso nas duas competições, o time conta com as grandes atuações de seu goleador.

GE

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’