header top bar

section content

Jacaré, sobre chances de Belfort se levantar se for para o chão: “Nenhuma”

Por outro lado, peso-médio diz que Fenômeno é o lutador com maior qualidade na trocação que já enfrentou na carreira, mas se vê capaz de se impor em todas as áreas

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

14/05/2016 às 13h16

Ronaldo Jacaré afirmou que, se derrubar Vitor Belfort, não vai deixar que ele se levante (Foto: Jason Silva)

Durante toda a semana, Ronaldo Jacaré esbanjou confiança em suas declarações. Multicampeão no jiu-jítsu e conhecido por sua técnica refinada na arte suave, o brasileiro mandou um recado para Vitor Belfort, seu adversário no co-evento principal do UFC 198, neste sábado, na Arena da Baixada. De acordo com ele, se o Fenômeno ficar com as costas no chão, não terá qualquer chance de retomar o combate em pé depois disso.

– Nenhuma chance (de Vitor se levantar, caso a luta vá para o solo). Estou pronto para não deixar ninguém se levantar quando cair no chão comigo – disse, no “Media Day” da última quinta-feira.

Quando Belfort foi derrotado por Chris Weidman na disputa do cinturão do peso-médio, Jacaré, ao ser questionado sobre o que teria feito de diferente no chão contra o americano, respondeu que “pelo menos uma fuga de quadril”. Apesar disso, o lutador ressaltou que respeita o jiu-jítsu de Vitor, mas se considera superior ao rival na modalidade.

– Um cara com uma história igual a do Belfort e um nome como o dele, treinado pelo Carlson, tem que respeitar o jiu-jítsu dele porque é um faixa-preta do Carlson Gracie. Jamais desrespeitaria ele, mas estou confiante no meu potencial como lutador de jiu-jítsu. Tenho mais nome, lutei mais campeonatos de jiu-jítsu, tenho mostrado mais habilidades no chão e pretendo usar isso a meu favor. Acho o chão dele excelente, provou isso contra o Jon Jones. Não foi uma crítica. Falei (na época da luta contra o Weidman) que ele caiu e não fez uma fuga de quadril. Posteriormente, soube que ele estava com o ombro machucado e isso dificultou para usar o jiu-jítsu. Mas, no chão, sou melhor que ele com certeza – garantiu.

Se no chão Jacaré se vê como favorito absoluto diante de Belfort, ao falar da trocação ele classificou o compatriota como o melhor na luta em pé que terá enfrentado. Entretanto, mesmo neste quesito ele crê que vá causar problemas para Vitor.

– Com certeza o Vitor é o striker mais perigoso que já enfrentei. Não enfrentei ninguém que tenha o potencial de nocaute do Belfort, ele é muito rápido, sempre surpreende os adversários dele, estou muito ligado nisso. Respeito isso e vou sair disso na luta. Estou pronto para impor meu ritmo. A pergunta não é como vou fazer (para me livrar da pressão dele), é como ele vai fazer para aguentar minha pressão – concluiu.

Sportv

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!

TEM POTENCIAL

VÍDEO: Atleta cajazeirense pede ajuda pra realizar sonho de correr a São Silvestre; veja como patrocinar