header top bar

section content

Desenrolar do Paraibano 2016 está em pauta no STJD nesta quinta-feira

Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva julga hoje a ação do Treze, na qual o Galo pede a exclusão do Campinense do estadual

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

19/05/2016 às 10h26

Diretor jurídico da FPF, Marcos Souto Maior Filho, compartilhou nas redes sociais um foto com as pastas do processo (Foto: Divulgação / FPF)

O futuro do Campeonato Paraibano vai ter mais um desenrolar nesta quinta-feira. O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai julgar no Rio de Janeiro a ação do Treze, na qual o Galo pede a exclusão do Campinense do estadual e requer assumir a vaga do arquirrival na semifinal contra o CSP. O julgamento está marcado para começar às 10h, mas, de acordo com o edital, o processo que envolve o desfecho do Paraibano 2016 é o último dos oito a serem julgados hoje.

O caso chegou ao STJD após alguns impasses no Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB). A ação do Treze chegou a ser indeferida monocraticamente pelo presidente do TJD-PB, Lionaldo Santos Silva. O Galo, então, recorreu ao STJD, que concedeu liminar suspendendo a semifinal entre Campinense e CSP até que o mérito da questão fosse julgado pelo Pleno do Tribunal na Paraíba.

O julgamento foi iniciado em João Pessoa – e o placar chegou a ficar em 5 a 0 contra o Galo -, mas foi suspenso, já que um dos auditores pediu vista para analisar melhor o processo. Antes que o julgamento fosse retomado, contudo, o STJD interveio, chamando para si a responsabilidade de julgar e decidir o caso.

Assim, nesta quinta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva – tendo Ronaldo Botelho Paciente como auditor-relator – vai julgar se é procedente o pleito do Treze. O Galo acusa o Campinense de ter jogado o Campeonato Paraibano sem ter as certidões negativas de débito junto à União, que seriam exigidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, e que isso seria passível de exclusão da competição. A Federação Paraibana de Futebol (FPF) também é citada no processo, já que, segundo defende o Alvinegro, seria responsável por fiscalizar seus filiados.

Em campo, a outra semifinal do estadual já foi definida. O Botafogo-PB eliminou o Sousa e já garantiu vaga na decisão. Outro clube que apenas espera que tudo se resolva é o CSP, que aguarda para saber qual será o seu adversário na semifinal. E até o Dinossauro, que ainda tem chances de ser um dos dois representantes do Estado na Série D do Brasileiro, tem interesse numa definição do caso.

GE

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!